Conecte-se agora

Vanda diz que ajuda aos estados diminui impactos da pandemia e garante recuperação econômica

Publicado

em

A deputada federal Vanda Milani afirmou na noite de ontem (5) que a ajuda de R$ 125 bilhões aprovada pela Câmara dos Deputados em dois turnos para estados e municípios, vai ajudar a fortalecer o Sistema Único de Saúde e diminuir os impactos da pandemia da Covid-19 no setor econômico.

“Após muito debate garantimos esse socorro do governo federal que é fundamental para o Acre que depende praticamente dos repasses federais. Agora é garantir a correta aplicação dos recursos no fortalecimento da rede pública de saúde”, acrescentou a parlamentar.

O texto base foi aprovado ainda na segunda-feira (4). Durante todo o dia de ontem, os deputados votaram em segundo turno e discutiram os destaques apresentados. O mais polêmico criava proibições até 31 de dezembro de 2021 para a União, os Estados e os Municípios afetados pela pandemia, evitando aumento de despesas com pessoal e despesa obrigatória de caráter continuado.

“A ampla maioria votou a favor da retirada de vedações a aumentos salariais e contagem de tempo para benefícios dos servidores da segurança, da educação, da saúde e limpeza pública. Fizemos a nossa parte, com a alteração do texto a palavra final será dos senadores”, explicou Vanda Milani.

A deputada destacou a suspensão de pagamentos de dívidas contratadas entre a União e os demais entes federativos e o aditamento contratual de dívidas de Estados, DF e Municípios com instituições do sistema financeiro nacional e com instituições multilaterais de crédito.

“Essa é outra vitória que garante ao Acre um incremento financeiro que eu acredito que será usado na recuperação da economia. São R$ 460 milhões em economia para o estado e os municípios” destacou a líder do Solidariedade.

Vanda Milani alerta que mesmo com todo esforço da bancada federal, o cidadão precisa fazer a sua parte. Preocupada com o aumento dos casos positivos de Covid-19 no Acre ela reforça o pedido de isolamento social.

“O esforço precisa ser conjunto, não tem vacina e nem remédio para o novo coronavírus, o isolamento social ainda é a ação mais preventiva. Se puder fique em casa e se precisar sair siga as recomendações sanitárias, entre elas, o uso obrigatório da máscara”, pediu Vanda Milani.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas