Conecte-se agora

MPAC tenta sensibilizar população sobre o isolamento social

Publicado

em

Mais uma prova de que as autoridades acreanas estão preocupadas com o relaxamento da população em relação ao isolamento social.

Com as ruas cada vez mais cheias e com a unidades de saúde também lotadas, agora é o Ministério Público do Acre que tenta convencer a população da importância de ficar em casa.

O MPAC lança] nesta quarta-feira, 6, a campanha ‘Isolamento Social Salva Vidas’, que incentiva o isolamento para evitar a proliferação do coronavírus.

A iniciativa leva em consideração as recomendações sanitárias de enfrentamento da Covid-19, bem como os decretos dos governos estadual e municipais para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

O mais recente levantamento de uma ferramenta do Google, que monitora a movimentação de pessoas por meio do aparelho celular, mostra que o índice de isolamento social no Acre caiu para 44,1%, colocando o Acre na sétima posição entre os estados do país que menos respeitam o isolamento.

A procuradora-geral de Justiça, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, relata que o MPAC vem atuando de forma uniforme e integrada no combate ao coronavírus, e que a campanha é mais uma forma de alertar a população para a gravidade da situação.

“O momento exige uma mudança de comportamento muito necessária e os números mostram o quão importante é ficar em casa, pois esse é o único caminho para diminuir o ritmo de novos casos”, disse.

Kátia Rejane enfatiza que MP do Acre tem desenvolvido campanhas educativas, comunicados à população através de suas redes sociais e pela imprensa local alertando sobre a importância do isolamento social, levando informação confiável.

A procuradora-geral faz um apelo à população. “Saia de casa somente para atividades essenciais, mantenha o distanciamento social e evite aglomerações, mesmo em espaços privados”.

Parceria

As peças da campanha serão veiculadas em emissoras de rádio, Tvs, jornais e impressos, outdoor, transporte público, terminais rodoviários, lotéricas, cartórios, supermercados, além de painéis de led instalados em pontos estratégicos de Rio Branco.

A mídia irá circular até o fim da quarentena, podendo ser prorrogada ou modificada de acordo com as necessidades do momento. A campanha não demandou recursos financeiros do Ministério Público do Estado do Acre, sendo realizada por meio de parcerias com empresas de comunicação.

Com informações da Agência de Notícias do MPAC

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas