Conecte-se agora

Dos 30 óbitos registrados por Covid-19 no Acre, seis não tinham doenças pré-existentes

Publicado

em

Dos 30 óbitos já registrados no Acre em decorrência de complicações pela Covid-19 até esta quarta-feira, 6, seis vítimas não apresentavam nenhuma doença pré-existente, aquelas que o paciente já tinha antes da contaminação pelo coronavírus e que se tornam crônicas. O dado pode ser verificado no último boletim emitido pela secretaria estadual de saúde do Acre (Sesacre).

Entre essas cinco vítimas que não tinham comorbidade alguma, mas que mesmo assim acabaram morrendo após contrair a doença, estão cinco homens e uma mulher. Os pacientes do sexo masculino tinham 91, 63, 65, 55 e 45 anos. Já a mulher morreu aos 47 anos.

A constatação vai de encontro à prerrogativa de que o coronavírus só é fatal a pessoas que tenham histórico de doenças crônicas. Entretanto, a maioria das vítimas fatais no estado apresentava, sim, diagnóstico de hipertensão aliado a outras comorbidades, como diabetes, sequelas de AVC, doença cardiovascular crônica, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal crônica e doença respiratória.

Nessa terça-feira, 5 o Acre alcançou os 817 casos confirmados de Covid-19. Destes, 519 pessoas estão em tratamento domiciliar, enquanto que 36 estão internados em unidades referência no atendimento da doença.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas