Conecte-se agora

Varejo do Acre perde R$ 0,16 bilhão por semana com quarentena

Publicado

em

O varejo acreano acumulou uma perda de cerca de R$ 800 milhões nas últimas cinco semanas compreendidas entre os dias 15 de março e 18 de abril, de acordo com cálculos da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgados nesta terça, 5 de maio.

Semanalmente, são 0,16 bilhão de reais que o varejo acreano perde com a pandemia. No ranking dos Estados, essa perda é a penúltima. São Paulo é o Estado que mais perde com a pandemia.

O período compreende a consolidação do coronavírus no Brasil. No dia 17 de março, o Acre registrou seus primeiros casos positivos da doença.

Com até 80% dos estabelecimentos comercias fechados em várias unidades da Federação e diversas medidas de isolamento social, a perda no País chega a R$ 86,4 bilhões.

As perdas coincidem com os anúncios de diversos decretos estaduais e municipais determinando o fechamento de estabelecimentos comerciais a partir da segunda quinzena de março, bem como com a adoção do isolamento social – medida que restringiu significativamente a movimentação dos consumidores nas lojas físicas do comércio.

Embora a adoção de estratégias de vendas através do e-commerce e de serviços de delivery tenha reduzido as perdas de receitas por conta das restrições impostas às vendas presenciais, as quedas menos intensas a partir do final de março podem ser atribuídas a um maior fluxo de consumidores nas ruas.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas