Conecte-se agora

Servidores municipais terão pausa no pagamento de consignados por até 180 dias

Publicado

em

Desde o início da pandemia, a prefeita Socorro Neri tem tomado medidas importantes para amenizar os impactos econômicos, também para os servidores municipais.

Em negociação com as superintendências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, Socorro Neri conseguiu um aditivo para que os servidores da Prefeitura possam suspender o pagamento de seus empréstimos, por 90 ou 180 dias.

Os bancos vão garantir essa pausa mediante renegociação direta com cada cliente. Além disso, a prefeita conseguiu que os servidores que desejam fazer novas contratações ou renegociar contratos também recebam o benefício.

“Essa é mais uma medida que tem o objetivo de minimizar as consequências financeiras da crise sanitária que estamos enfrentando. Convoquei os dois principais Bancos para que nos ajudasse nessa missão e que estivessem sensíveis a situação dos trabalhadores”, ressaltou a prefeita.

O Banco do Brasil já está operando com essas condições, oferecendo uma carência de até 180 dias. A Caixa Econômica, que num primeiro momento tinha garantido um prazo de 60 dias, a partir dessa semana ampliará a carência para 90 dias.

As operações podem ser feitas por aplicativo, no site do banco, sistema e-Consig, que está disponível na página oficial da Prefeitura na internet ou e em contato direto com o gerente das agências.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas