Conecte-se agora

Perpétua se reúne com Mourão e pede equipamentos para combate à Covid-19

Publicado

em

A deputada Perpétua Almeida (PCdoB/AC) pediu ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão, mais leitos de UTI, materiais para exames de Covid-19, equipamentos para os hospitais e profissionais da Saúde e álcool gel para a população DO ACRE. O encontro aconteceu na última quarta-feira (29) no gabinete da Vice-Presidência, em Brasília.

Antes da audiência a deputada ligou para o governador Gladson Cameli, para acertarem o que seria pedido ao vice-presidente. Na ocasião, Perpétua discutiu a questão da pandemia de coronavírus no Acre e como o Governo Federal pode auxiliar nesse enfrentamento. “Nosso Acre precisa de atenção e de ajuda, estamos em uma tríplice fronteira e não podemos arriscar nossa população. O governador me contou o que seria necessário para melhorar o trabalho da Saúde durante a crise e levei essas preocupações ao Mourão”, contou a líder do PCdoB na Câmara.

Fronteiras e estrangeiros

Perpétua ainda levantou a necessidade de o Governo Federal resolver, urgentemente, os problemas imediatos que se apresentam nessa pandemia. Segundo a parlamentar, há estrangeiros em cidades acreanas impedidos de voltarem para seus países e existe um temor do serviço de inteligência do Estado de uma possível onda de invasão em municípios da fronteira em busca de alimentos e tratamento. “Em Assis Brasil, há mais de 300 estrangeiros que não podem retornar para suas cidades de origem devido ao fechamento da fronteira com o Peru. As notícias sobre a aglomeração desses imigrantes é de que podem estar contaminados pelo novo coronavírus. Além disso, muitos bolivianos que costumam fazer compras no Acre, atravessando a fronteira em busca de feiras e supermercados, estão passando necessidades, e há o risco de travessias ilegais, o que botaria em risco a saúde dos acreanos”, contou. Para isso, a deputada pediu que o governo brasileiro entre em contato com os governos peruano e boliviano, e, juntos, tracem um plano para melhorar o atendimento àquelas populações, de forma que a segurança a todos os países de fronteira fique garantida.

Centro de Biotecnologia da Amazônia

Outro assunto discutido na reunião foi sobre a notícia divulgada pela imprensa nacional de uma possível operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) na região amazônica com o intuito de coibir o desmatamento que, segundo os órgãos ambientais, teria aumentado no mês de março. Visto que o vice-presidente é o responsável pelos assuntos relacionados à Amazônia, Perpétua sugeriu a Mourão que seja criado um Centro de Biotecnologia no Acre para aproveitar as riquezas naturais da região e assim utilizar, de forma sustentável, toda a sua biodiversidade — o que garantiria a renda daquelas populações. “O Fundo Amazônia Sustentável tem mais de R$ 8 bilhões em conta que podem ser utilizados para ajudar o nosso povo. Não adianta só punir o desmatamento na Amazônia, é preciso criar alternativas de subsistência e dar condições dignas às famílias. Um exemplo claro disso é a Zona França de Manaus, que, ao ser criada, gerou emprego e renda à população do Amazonas e reduziu o desmatamento na região”, ressaltou a deputada.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas