Conecte-se agora

Mantendo quarentena, isolamento aumenta após pior marca no Acre

Publicado

em

FOTO: SECOM - ACRE

O Índice de Isolamento Social do Acre voltou ao patamar dos 50% no dia 1º de abril após queda brutal no dia anterior, quando menos de 37% da população seguiu a regra de ficar em casa -foi a pior marca em vários, em parte por conta do auxílio emergencial que produziu filas enormes nas agências da Caixa.

Em todo o País, o isolamento oscila com tendência de baixar. Em meio a isso, os governos decidem prorrogar as medidas de quarentena e alguns, como o Maranhão, adotou regras mais severas para enfrentar a pandemia isolando completamente a região metropolitana de São Luiz -só entram ou saem pessoas que justifiquem suas presenças na região. O Acre não chegou a tanto mas prorrogou o início das aulas para 15 de maio e ainda não decidiu sobre a flexibilização na economia.

Segundo levantamento do G1, além do Acre, anunciaram prorrogação do isolamento social os estados de Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Pará, Paraíba , Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia , Santa Catarina, São Paulo e Sergipe .

Além dos 16 acima, a Região Metropolitana de São Luís, no Maranhão, foi o primeiro local no Brasil a adotar o lockdown (bloqueio total). A duração da medida está prevista para dez dias, a partir da próxima terça-feira (5).

Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Roraima e Tocantins ainda não divulgaram se irão prorrogar ou flexibilizar o prazo da quarentena.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas