Conecte-se agora

Em Cruzeiro do Sul, Circo Broadway quer ajuda do governo

Publicado

em

A direção do Circo Broadway, que chegou em Cruzeiro do Sul no final de fevereiro, está pedindo ajuda da população da cidade e do governo do Estado para comprar comida, água, remédio para os 53 integrantes e também para conseguir voltar para Minas Gerais.

Por causa da pandemia, o circo teve que parar os espetáculos. No dia 31 de março, a direção firmou convênio de 3 meses com a prefeitura de Cruzeiro do Sul no valor de R $ 5 mil mensal, somando R$ 15 mil. Os artistas atuam na organização de filas para evitar aglomeração de pessoas e com orientações para evitar a proliferação do coronavírus.

Mas segundo Robert Ramito, o dono do circo, como são 12 famílias cada uma ficaria com apenas R$ 416 mensais. Além disso, segundo ele, a prefeitura não repassou nenhum recurso até agora, somente sacolões.

Nesta segunda-feira, 4, o trapalhão Dedé Santana, gravou um vídeo pedindo que o governador Gladson Cameli ajude o circo. “A gente do circo trabalha hoje pra comer amanhã e o povo do circo tá com muita dificuldade. Então que o governador Cameli possa ajudar”, pediu Dedé.

O dono do circo diz que além das dificuldades financeiras, o proprietário do terreno onde as tendas estão montadas deu dez dias pra eles desocuparem o local. ” Nós sabemos que a prefeitura tem burocracias e que vai pagar mas enquanto isso precisamos de comida e leite para as crianças. Para gente ir embora nem temos como fazer essa viagem porque o deslocamento é bem caro”.

Para conseguir dinheiro o circo vende alguns itens incluindo um Camaro amarelo, modelo 2011, que segundo o I Carros, vale pouco mais de R$ 112 mil. Segundo Roberto o carro foi enviado para venda em Minas Gerais. “O carro ainda não chegou lá e será um processo lento porque é financiado e não se vende fácil. O carro também tem dívidas”, conclui.

Veja o vídeo:

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas