Conecte-se agora

Enfermeira do Acre contaminada com Coronavírus diz que é uma “soldado” abandonada

Publicado

em

Indignada, a enfermeira Cláudia Mara, que trabalha há 26 anos no serviço público de saúde do Acre, atualmente lotada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (HUERB), publicou um duro desabafo em sua página pessoal no Facebook, nesta sexta-feira, 01 de Maio, criticando os seus chefes por atuarem de maneira “covarde” contra ela.

Ela conta que, assim como vários colegas de profissão, teve que recorrer a plantões extras para conseguir melhorar a sua renda, e que como consequência de passar mais tempo nos hospital do que com a família acabou sendo diagnosticada com o Coronavírus (Covid-19).

“Fui diagnosticada com o Coronavírus e, neste momento, me encontro internada no mesmo Hospital onde dediquei minha vida para salvar a de outros”, afirmou.

Em outro trecho, ela afirma que se não bastasse a doença que tem matado milhares de pessoas no Brasil, em menos de 2 meses, acabou sendo surpreendida com um ataque dos seus respectivos chefes.

“Ontem, recebi uma mensagem, via Whatsapp, do Supervisor de Enfermagem do Hospital de Saúde Mental, o enfermeiro João Marcos Laurentino Maia, informando que o Gerente de Enfermagem, o senhor José Maria Mendes de Araújo e o Diretor Geral, o senhor Halisson Oliveira, determinaram que eu não poderia mais realizar plantões extras naquela unidade de saúde, mesmo depois de ficar curada do Covid-19, porquanto isso poderia gerar um clima de medo entre os colegas”, contou.

A enfermeira relata que ao tomar conhecimento da decisão foi tomada por um sentimento de indignação e revolta, pois, ao invés de ser reconhecida como um soldado que retorna da guerra, pronta para se reapresentar ao serviço, foi hostilizada e lançada a desonra pública.

“Agora, o que me resta é se concentrar na minha cura, para, em seguida, reajuntar os pedaços da minha dignidade que foi quebrada pelos gestores nomeados pelo Secretário de Saúde Alysson Bestene, esperando, contudo, que algum dia a classe da saúde seja reconhecida pelo que tem feito pelo mundo, pois, enquanto todos estão se isolando em suas casas, nós estamos saindo de encontro ao olho do furacão”, encerrou.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas