Conecte-se agora

Pavilhão do FOC reúne 100 presos suspeitos de coronavírus

Publicado

em

A situação na penitenciária é preocupante em relação ao coronavírus. O relato vem de quem todos os dias também arrisca sua saúde para trabalhar no monitoramento de milhares de presos.

Um desses policiais, que pede anonimato com medo de represálias, denuncia que a situação na Unidade de Recuperação Provisória do Complexo Francisco de Oliveira Conde já passou dos limites.

“Ontem na URP se estimava que pelo menos 100 presos estariam contaminados, a grande maioria passando mal e apresentando os sintomas da Covid-19. Eles estão implorando por medicamentos algo que ao menos alivie suas dores de cabeças. Para o policial o problema é ainda maior, enfrentamos a falta de equipamentos de segurança para lidar com eles. Tudo é só mídia, não temos álcool, as máscaras que nos oferecem são impossíveis de serem utilizadas, pois os elásticos são rústicos e ferem as orelhas”, diz.

O policial penal conta ainda que a situação é agravada pela falta de efetivo. “Ontem não tinha viatura e não tinha efetivo para levar os presos com maior debilidade, sentindo muita falta de ar e com febre e dor de cabeça, já que muitos policiais estão afastados por causa da doença”, afirma.

O ac24horas conversou com o diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN), Arlenilson Cunha. O gestor confirma que há um pavilhão com 100 presos que são suspeitos de contaminação. Segundo Arlenilson, são três os casos confirmados da doença entre presos.

Em relação ao efetivo, em todo o Acre 27 servidores do IAPEN foram diagnosticados com coronavírus e 83 suspeitos. Portanto, até o momento, 110 profissionais foram afastados de suas funções. “Quanto ao efetivo, nunca escondemos que isso é um problema e alguns desses já voltaram ao serviço . Estamos contornando com o reforço da escolta judicial que são mais de 30”, afirma o gestor.

Arlenilson diz ainda que a partir de agora todos os presos serão obrigados a usar máscara. “Estamos fazendo dedetização geral. Continuamos com ações de prevenção. Na semana passada adotamos novas medidas, vamos entregar novos EPIs e todos os presos que forem entrar no presídio vão ser obrigados a usar máscara já desde a guarda de entrada”, explica.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas