Conecte-se agora

O candidato de Gladson, só Deus sabe!

Publicado

em

O senador Sérgio Petecão (PSD) revelou ontem ao BLOG DO CRICA que, o seu partido está no compasso de espera para saber quem vai apoiar para a prefeitura de Rio Branco. “Enquanto o Gladson não se definir sobre quem será o seu candidato não dá para se movimentar”, destacou. Perguntando se tinha alguma ideia, algum indício de quem o governador Gladson Cameli apoiará, Petecão foi sarcástico: “Quem disse que sabe quem será o seu candidato a prefeito da capital, com certeza estará mentindo. Acho que este segredo só Deus sabe”. Confirmou que tem tido conversas com o deputado José Bestene sobre uma aliança PROGRESSISTAS-PSD. Mas também não se arriscou a palpitar, e acha que o nome do PROGRESSISTAS à PMRB só deverá sair das rodadas de pesquisas mais próximas da eleição. E por causa da gravidade do Covid-19, que avança nas contaminações e mortes, principalmente, na capital, o debate político tende a ficar morno e a se restringir às conversas de bastidores.

DOSE DE RAZÃO

O senador Sérgio Petecão (PSD) tem boa dose de razão ao dizer que ninguém sabe quem o governador Gladson apoiará para a prefeitura de Rio Branco. Também embarco na dúvida, pois, o Gladson já acenou para o Tião Bocalom, para o Ney Amorim e à prefeita Socorro Neri.

NÃO APOSTEM NISSO

O Gladson está fazendo o jogo das iscas. Vai jogando uma aqui, outra ali, para depois puxar o peixe. Não pense que alguém que já foi deputado federal, senador e agora governador não conheça os tortuosos caminhos da política. Lógico que, vai esperar as pesquisas.

MANOEL MAIA

É quem apareceu melhor situado em recente pesquisa de um conceituado instituto da capital, na avaliação dos candidatos a prefeito de Capixaba. Não decide eleição, é retrato do momento. A campanha ainda está por começar e muita coisa pode vir a acontecer.

FORA DO CENÁRIO

Um quadro está fora do cenário, se concretizar o sonho dos tucanos de ver o PROGRESSISTAS indicar o vice do Minoru Kinpara (PSDB) a prefeito de Rio Branco. Há uma reação unânime contra esta possibilidade, o PROGRESSISTAS foca em ter uma candidatura própria à PMRB.

FAZ O JOGO POLÍTICO

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) faz o jogo político nesta questão do projeto dos consignados, quer porque quer, que a ALEAC derrube o veto do governador Gladson contra o ato inconstitucional de congelar os juros dos empréstimos de funcionários nos bancos.

NÃO É UM ZÉ DAS COUVES

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) é qualificado, não é nenhum Zé das Couves, por isso sabe que o Estado não pode legislar sobre juros bancários. Fez o jogo do se colar, colou!

DUAS FACETAS

Existem duas facetas sobre o projeto de criação de um instituto de saúde, que deverá ser enviado pelo governo à votação na ALEAC: de fato, não efetiva os funcionários do Pró-Saúde; mas sem o instrumento aprovado, os mais de mil servidores que restaram do Pró-Saúde vão para rua. 

NÃO EXISTE ALTERNATIVA

E não existe nem mais alternativa recursal para o caso dos funcionários do Pró-Saúde, pois há uma decisão judicial que obriga o governo a demitir. Boa parte foi para rua na gestão passada.

APOSTANDO NA EDUCAÇÃO

Em meio a pandemia do Covid-19 a prefeita Socorro Neri tem criado mecanismos, como o lançamento do Portal da Escola, um meio pelo qual os alunos poderão manter o seu vínculo com as escolas enquanto perdurar o isolamento social. É uma ferramenta que leva a escola ao lar dos estudantes. Os tempos não são de passividade, mas de criatividade.

QUE SURPRESA É ESTÁ?

Quando vejo deputados e sindicalistas levantarem um clamor contra uma suposta “terceirização da saúde” pelo governo, é de se perguntar: que surpresa é está? O Pró-Saúde, criado no governo Binho Marques, não foi uma terceirização no sistema estadual de saúde?

NÃO DERRUBAM

Já tinha escrito ontem no BLOG, e lendo hoje opiniões de jornalistas que trabalham no centro do poder, fiquei ainda mais convicto que o presidente Bolsonaro não será cassado. Para isso acontecer deveria haver um somatório majoritário na população e na classe política, e não há.

A TERRA NÃO É PLANA

O senador Márcio Bittar (MDB) está anunciando uma Live com o deputado Osmar Terra, um  feroz bolsonarista defensor do fim do isolamento social, para sexta-feira às 16 horas, sobre o Covid-19 e contra o isolamento. Por favor, não venham dizer na Live que a terra é plana.

FICO COM A CIÊNCIA

Entre os que são contra o isolamento social por questões políticas e econômicas e as autoridades mundiais da saúde que defendem o isolamento, fico com a ciência. Embora respeite a opinião e o direito de defesa das teses do Márcio Bittar e do Osmar Terra.

UM MITO

É um mito dizer que somente idosos morrem com o coronavírus, tivemos um caso na capital da morte de uma pessoa jovial. No Estado são 317 contaminados e 16 óbitos até aqui.

PROBLEMA É A REJEIÇÃO

Que o prefeito Ilderlei Cordeiro retomou as obras de asfaltamento da cidade, eu tenho acompanhado. Esta decisão do STF de que, mesmo mantida sua condenação em segunda instância não perderá o mandato, o deixa livre para tentar a reeleição, que sem isso seria complicado. O seu principal problema é a sua rejeição apontada nas pesquisas, após os problemas judiciais enfrentados na prefeitura. É aguardar as pesquisas que ainda virão. Portanto, o prefeito pode comemorar em parte a sua vitória judicial, o jogo das urnas é outro.

UM PROJETO DE DIFÍCIL COSTURA

E pelo que tenho acompanhado, uma unidade de todas as forças que apoiaram o governador Gladson Cameli em Cruzeiro do Sul em torno de uma candidatura sua à reeleição, é um projeto de difícil costura. Não noto esta boa vontade no governador. As lideranças políticas com as quais já conversei apontam no sentido de procurar outro nome para apoiarem. 

BOM DIA, GLADSON CAMELI E ALYSSON BESTENE!

O governador Gladson Cameli e o secretário Alysson Bestene, bem até aqui na opinião pública, vão jogar uma das cartadas das mais perigosas da atual gestão se for aceita a pressão dos empresários, para reabrir todas as atividades comerciais, já na segunda-feira, e os casos aumentarem e explodir a capacidade do sistema de saúde de absorver os doentes, como aconteceu em Manaus. E a curva é crescente! É da maior imprecisão a defesa feita por alguns empresários de que em Manaus os casos saíram do controle, porque por lá passam muitos chineses. É a mesma teoria que a terra é plana. Não vi nenhuma autoridade médica fazendo a relação. Se por acaso afrouxarem as medidas de combate ao coronavírus, e o atendimento no sistema de saúde virar um caos, não pense o Gladson e nem o Alysson que, a opinião pública vai cair de pau no empresariado, mas no lombo de vocês dois. O sistema de saúde do Acre não tem estrutura para suportar a explosão da pandemia. E o senhor Alysson, sabe disso! Sabe da improvisação! Sabe a que me refiro. Depois não venham fechar a torneira com a água derramada. Não é possível que as maiores autoridades mundiais de saúde estejam erradas. Isolamento é para evitar que a contaminação acelere. Cartas na mesa. Bom dia, Gladson Cameli e Alysson Bestene! A responsabilidade é de vocês.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas