Conecte-se agora

Líder do governo vê “interesses” em ação de sindicalistas da saúde

Publicado

em

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre, deputado Gerlen Diniz (Progressistas), trouxe à lembrança durante a sessão virtual desta terça-feira (28) a lei que criou o Pró-Saúde no governo de Binho Marques, para sustentar que desde aquele tempo é que a saúde está terceirizada no Acre.

Ele fez a menção para disparar sua metralhadora contra o Sindicato dos Servidores da Saúde que, segundo o deputado, adotou postura irresponsável ao espalhar notícia de que a Aleac aprovaria projeto que acabaria em demissão de trabalhadores. “São interesses escusos, visando beneficiar A, B ou C, algo criminoso”, disse, de modo enigmático, o líder de Gladson Cameli no Parlamento.

O PL que cria o Instituto de Gestão de Saúde do Acre não deu entrada na Aleac, mas a minuta do projeto já circula nas redes sociais.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas