Conecte-se agora

Produtores rurais terão máscaras financiadas por grupo de pecuaristas

Publicado

em

Uma iniciativa de um grupo de pecuaristas acreanos vai financiar a confecção de máscaras de tecido para pequenos produtores em todos os municípios do estado como medida de apoio aos esforços do governo no combate à disseminação do novo coronavírus, agente responsável pela pandemia de COVID-19.

As máscaras serão produzidas por costureiras locais, como maneira de privilegiar a economia dos municípios, e distribuídas por funcionários de todos os escritórios do Sistema Sepa – Idaf, Cageacre e Emater – durante os atendimentos de campo e quando os produtores buscarem atendimento nas cidades.

A informação é do secretário de Produção e Agronegócio, Edivan Maciel, que foi procurado pelo grupo de pecuaristas com a proposta de contribuir com a oferta de máscaras, uma vez que a demanda por esse item cresceu após o decreto governamental que torna o seu uso obrigatório pela população na entrada e permanência em órgãos públicos e estabelecimentos comerciais.

Em todo o estado, segundo Edivan Maciel, o primeiro lote de máscaras encomendadas ficou em 2.500 unidades. Em Xapuri, são 150 máscaras, inicialmente. O secretário informa, no entanto, que não haverá limite estabelecido para a confecção.

“Enquanto houver demanda, elas serão confeccionadas e distribuídas aos pequenos produtores”, afirmou.

Desde o início da pandemia, com a escassez de máscaras descartáveis nas prateleiras de todo o mundo, o Ministério da Saúde do Brasil lançou uma campanha digital pela mobilização da população para fabricar as próprias máscaras de tecido. Além de facilitar o acesso das pessoas ao item de proteção, a medida tem ajudado no reforço da renda de profissionais da costura.

As máscaras caseiras podem ser um grande aliado no combate à propagação do coronavírus no Brasil, mas para ser eficiente como uma barreira física, precisam seguir algumas especificações, que são simples. É preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja dupla face. E mais uma informação importante: ela é individual. Não pode ser dividida com ninguém.

As máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas