Conecte-se agora

Segurança do Acre tem 298 afastados por causa do coronavírus

Publicado

em

Os trabalhadores da segurança pública estão entre os mais suscetíveis à infecção do Covid-19 no Acre junto com o profissionais de saúde. Ultimamente, os cuidados foram redobrados com essas categorias.

O sistema de segurança chegou na manhã desta quinta-feira (23) a cerca de 298 profissionais afastados em virtude do coronavírus -sejam por terem testado positivo, contato com infectados, estarem no grupo de risco e outras questões.

São policiais penais, trabalhadores indiretos, PMs, bombeiros, socioeducadores, agentes civis e outros ligados à segurança pública que sofrem direta e indiretamente com a doença.

O levantamento da própria Secretaria de Segurança mostra que policiais penais são duramente afetados pela situação e vários testaram positivo para doença, mas a Polícia Militar tem 28 afastados por positividade, grupo de risco ou precaução. A Polícia Penal tem mais de 160 afastados.

Servidores da Segurança Pública afastados por casos confirmados, suspeitos e grupo de risco, em relação a Covid-19:

PC

Confirmados: 3

Suspeitos: 0

Grupo de risco: 26

Total: 29

PM

Confirmados: 8

Suspeitos: 7

Grupo de risco: 21

Total: 36

Bombeiros

Confirmados: 0

Suspeitos: 4

Grupo de risco: 10

Total: 14

Iapen

Confirmados: 13

Suspeitos: 55

Grupo de risco: 98

Total: 166

ISE

Confirmados: 2

Suspeitos: 20

Grupo de risco: 31

Total: 53

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas