Conecte-se agora

Governo, Rocha e Adriano: falta tempero

Publicado

em

Apesar do esforço do vice-governador Major Rocha em unir as tribos da Fieac e do Palácio Rio Branco a tensão ainda é grande. Não é exatamente contra a Fieac, mas setores do governo não querem comer caldeirada de peixe acreana juntos com o Adriano. Ao que parece, a origem do problema está nas disputas do SEBRAE e da própria Federação o ano passado. A boca miúda fala-se de divergências políticas durante a campanha de 2018 em que Adriano disputou uma vaga de deputado federal pelo PDT. Hoje ele está filiado ao MDB. Porém, os tucanos querem ele no ninho. Enquanto isso, Gladson Cameli passa ao largo. Não quer conversa. Quer paz para governar. Segundo uma pessoa próxima ao Rocha, ele considera um erro o governo não se entender com a atual direção da Fieac. Para o Palácio, o governo pode dialogar diretamente com empresários que estão “quebrados” desde a queda da Dilma Rousseff e não por conta da Pandemia.

“Quem quiser ser líder deve ser primeiro servo. Se você quiser liderar, deve servir”. (Jesus Cristo)

. O senador Márcio Bittar não se empolgou com as declarações do professor Francisco Nepomuceno sobre uma provável aliança com uma aliança do PT com o MDB em 2022.

. Na avaliação dele, essa onda vai passar porque a “esquerda” passa horas fazendo reunião tentando encontrar o jeito de tirar o governador Gladson Cameli (Progressista) do páreo como fez com o falecido governador Orleir Cameli, tio do Gladson.

. Márcio também entende que o MDB não pode entrar em aventuras em 2022; a princípio o candidato à reeleição deve ser o Gladson.

. Sobre o secretário de Educação, professor Mauro Sérgio, o senador Márcio disse que “Mauro Sérgio é de uma integridade moral a toda prova” e que teria sido ele quem pediu investigação no suposto desvio de merenda escolar.

. Para fechar:

. Ele compreende que o governador Gladson e o Rocha devem caminhar juntos para o bem da população acreana.

. Com onze candidatos disputando a eleição na capital no primeiro turno, ninguém pode subestimar a capacidade de reação do PT.

. O ex-governador Binho está “quase” convencido a entrar na disputa para a “glória” do Cesário Braga.

. O governador Gladson Cameli foi enfático:

. “Só quero paz para trabalhar!

. O que o médico infectologista Thor Dantas alertava (mas ninguém ligava) aconteceu:

. A Covid-19 chegou pravaler e prá matar!

. A solução deve ser racional, pragmática, disciplinada, científica!

. Tião Gracino, um bom amigo, liga e pergunta:

Policlínica da Polícia Militar passa a fazer testes rápidos após PMs serem infectados por Covid-19

. Fez mais uma:

. “Será se tá faltando fé” (sic…)?

. Bom dia!

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas