Conecte-se agora

Mais de 140 empresas no Acre são notificadas por prática de preços abusivos

Publicado

em

Durante três semanas neste mês de abril, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AC) realizou uma vistoria nos estabelecimentos comerciais do Estado para averiguar denúncias de consumidores relacionadas a altos valores cobrados, principalmente no ramo alimentício. Com isso, foram notificadas pelo órgão 145 fornecedores de alimentos, medicamentos e combustíveis por prática de preços abusivos.

Destas, 34 empresas, entre supermercados, distribuidoras, frigoríficos, granjas e empresas de laticínios terão de apresentar notas fiscais de aquisição dos produtos e os documentos serão analisados pelo Ministério Público para detectar se há alguma abusividade perante aos preços cobrados aos consumidores.

64 notificações fora direcionadas a farmácias e distribuidoras de medicamentos a fim de acabar com o preço abusivo do álcool em gel, máscaras e luvas. Outros estabelecimentos que recebem autuações do Procon/AC são os postos de combustíveis, numa parcial de 47 notificações para se averiguar se houve redução nos preços, pois de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço dos combustíveis já caíram cerca de 8,5% desde o começo de março.

Ao portal de notícias do governo, a Agência de Notícias do Acre, o diretor-presidente do Procon/AC, Diego Rodrigues, disse que “os nossos trabalhos estão sendo feitos com minúcia e apuro técnico dos agentes fiscais, que mesmo com as restrições da pandemia, estão cotidianamente em campo, visitando os estabelecimentos, exigindo as planilhas de custos dos preços praticados em todos os produtos, numa cronologia de 3 meses antes da Covid-19 e os valores praticados atualmente”, destacou.

Para denúncias, o Procon disponibiliza o email: [email protected], onde o denunciante deve informar as irregularidades com nome, endereço e ponto de referência da empresa. Ou ainda ligar no (68) 3223-7000 de segunda a sexta-feira, das 7h às 13 h, ou 151.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas