Conecte-se agora

Novo decreto obriga uso de máscara e limita número de pessoas em supermercado

Publicado

em

Entre as novas medidas estabelecidas com a prorrogação do decreto que suspende atividades e serviços considerados não essenciais por mais 15 dias no Acre, o governo Gladson Cameli propôs que o uso de máscara será imprescindível a qualquer pessoa for sair de casa e estiver em espaços públicos e privados que tenham atendimento ao público.

Outra determinação tem a ver com a aglomeração em supermercados. O decreto pede que os estabelecimentos resguardem seus clientes e garantam o distanciamento entre as pessoas e, ainda, que as instituições bancárias cuidem das filas nas áreas externas e evitem a aglomeração.

“A limitação do número de pessoas de acordo com o estabelecimento; somente uma pessoa por família pode ir ao supermercado”, diz o governo. Nos espaços públicos, está proibida a aglomeração de mais de cinco pessoas. “O novo decreto expressa ainda a necessidade do aperfeiçoamento de medidas para evitar filas, principalmente, nas instituições financeiras”, informa.

A realização de eventos, reuniões de qualquer natureza, cursos, missas e cultos, eventos esportivos, cinemas, teatro, shows, casas noturnas e similares deve continuar suspensa até o dia 31 de maio.

O governo diz que “continuará garantindo a manutenção integral e o funcionamento dos serviços essenciais e imprescindíveis à população, especialmente nas áreas de saúde e segurança pública. Já os serviços considerados não essenciais continuam suspensos”.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas