Conecte-se agora

Governo do Acre diz que investe mais do que a lei exige em merenda escolar

Publicado

em

O Governo do Acre diz que investe em alimentação escolar percentuais maiores que os exigidos pela lei. No caso das aquisições da agricultura familiar, por exemplo, esse percentual é de 40% -10% a mais que o determinado nas regras do Fundo do Desenvolvimento da Educação Básica.

“Em nosso caso, em 2019 esse percentual chegou a quase 40% e o governo do Estado entrou com mais de R$ 40 milhões para custear a merenda escolar em diversas etapas do ensino, como o fundamental, o médio, o médio integral, o especial e também o de jovens e adultos”, disse o chefe do Departamento de Orçamento, Convênios e Estatísticas da Secretaria de Educação, Leonardo Barroso em depoimento à Agência de Notícias do Acre.

Em 2020, o Governo do Estado decidiu servir mais uma refeição nas escolas. Esse refeição a mais é paga com recursos do próprio governo.

A previsão é que para garantir as duas refeições, o governo invista, até o final do ano, em torno de R$ 100 milhões na aquisição da merenda para os alunos.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas