Conecte-se agora

Corpo não retirado do IML pela família pode ser doado para curso de medicina da UFAC

Publicado

em

O Instituto Médico Legal (IML) vive uma situação pouco comum. É que desde 28 de março, portanto, há 19 dias, encontra-se no local um cadáver sem que apareça alguém da família para retirar o corpo.

O curioso é que não se trata de alguém sem identificação. Segundo o IML, o corpo é de Francisco Rodrigues de Souza, que completaria 45 anos nesta sexta-feira, dia 17.

O IML decidiu publicar uma nota de utilidade pública e conforme determina a lei, se em 10 dias, nenhum familiar reclamar o corpo, o instituto iniciará os trâmites para fazer a doação do cadáver para a Universidade Federal do Acre (UFAC).

Leia a nota do IML:

NOTA DE UTILIDADE PÚBLICA

(IML – Cadáver não Reclamado)

A Direção Geral da Polícia Civil do Estado do Acre, por meio do Instituto Médico Legal – IML, do Departamento de Polícia Técnico-Científica, vem tornar público que se encontra em seu domínio, aguardando RECLAMAÇÃO por familiar e consequente liberação para providências de SEPULTAMENTO, um CADÁVER do sexo masculino, tendo sido identificado como sendo a pessoa de FRANCISCO RODRIGUES DE SOUZA, filho de Ediomar Evangelista Rodrigues e Mathias Pereira de Souza, nascido em 17/04/1975, Brasileiro e natural de Rio Branco/AC.

O corpo ingressou no necrotério do Instituto Médico Legal – IML, na data de 28 de março de 2020, proveniente da Rua José de Melo n° 481, apartamento 08, Bairro Bosque, Rio Branco/AC e, desde então aguarda ser reclamado.

Para fins de providências de reclamação/liberação do corpo o (a) interessado (a) deverá se dirigir à sede do Instituto Médico Legal – IML, sito na Avenida Antônio da Rocha Viana, nº 1294, Bairro Bosque, nesta Capital, telefone de contato (68) 3223-8553.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas