Conecte-se agora

Uma decisão de alto risco na roleta da Covid-19 

Publicado

em

Estamos entrando no período mais crítico de contaminação pelo coronavírus. É o que dizem os médicos infectologistas. Remando contra a ciência, o governador Gladson Cameli está tomando uma decisão de alto risco ao praticamente com este novo decreto anunciado, liberar todas as atividades comerciais que geram aglomerações, como foi divulgado pelo ac24horas. Não existe nenhum argumento científico para ancorar esta mudança de atitude em relação ao combate à pandemia da Covid-19. Os casos de contaminação estão numa crescente no Estado, com mortes, notadamente, na capital. Ao soltar as rédeas por pressão da classe empresarial, o governador faz uma aposta política que pode lhe custar a queda da boa popularidade que ostenta hoje. E pode pagar um preço muito caro se a emenda for pior do que o soneto. Se depois desse afrouxamento os casos de positivados com a Covid-19 aumentarem e fugirem do controle, os dedos da culpa não serão apontados para os empresários e defensores da ideia do liberar geral, mas serão direcionados diretamente à figura do governador, e ainda estará dando uma bandeira para a oposição lhe criticar, que até aqui não vinha tendo. Não adianta dizer que serão seguidas normas. Se com o decreto em vigor de isolamento social grande parte da população continua a quebrar todas as regras, se aglomerando, imagine com o decreto voltando tudo ao normal. Há todo um lado econômico, mas há o lado de vidas humanas. Os jogadores profissionais de cassinos recomendam que o bom jogador não coloca todas as fichas de uma vez num único número da roleta, porque pode perde tudo. O Gladson está jogando todas as fichas num só número. Assim como ganhar, pode perder. E perder é o caos!

MÁQUINA ATIVADA

A máquina do governo também entrará na ativa 100%. Está marcado para o dia 22 a volta ao trabalho de todos os cargos comissionados, ficando liberado apenas os do grupo de risco. Mas os setores das repartições terão apenas dois servidores por escala, para evitar aglomerar.

EXEMPLO DA LOMBARDIA

Na Itália, na região da Lombardia, a mais atingida pela pandemia da Covid-19, o prefeito mesmo contra as recomendações científicas, liberou todas as atividades, gerou uma mortandade, e ao final só lhe restou vir publicamente pedir desculpas pelo erro cometido.

TORÇAMOS PARA QUE NÃO OCORRA

Só nos resta esperar pelo novo decreto e torcer para que não cresçam os casos de Covid-19.

CPI DO NADA

Se o deputado Fagner Calegário (PL) conhecesse um pouco a assessora de Comunicação, jornalista Silvânia Pinheiro, uma mulher reta nas atitudes, não estaria pedindo uma CPI para investigar ilegalidades na licitação da mídia, que nem foi fechada. É uma CPI do nada.

NÃO FEZ FACILIDADES

Tenho como me posicionar de cátedra sobre o assunto mídia, por não ter nenhuma relação com a ASSECOM. O fato de se estar há mais de um ano sem a mídia licitada longe de ser um fato estranho, é exatamente uma prova que, ela não aceitou fazer uma licitação faz de conta.

CHORO DE PERDEDOR

A reclamação é mais um eco de empresários que foram desclassificados no certame licitatório. O fato de quem estar vencendo até aqui as fases do processo ser uma empresa de Manaus, não significa que por este aspecto ser o ato ilegal. Até porque nenhum pagamento foi feito.

 OUTRO DETALHE

As licitações da mídia não são realizadas pela secretária Silvânia Pinheiro, mas por uma comissão de licitação do Estado e na qual não tem participação, que isso fique claro.

NÃO PEGAR

Pode-se criticar o governador Gladson por muitos fatores, como este que faço na primeira nota do BLOG, mas jamais que chancele algum ato de corrupção em seu governo. Quando existe alguma denúncia de práticas ilegais com dados manda apurar, não pode apurar o nada.

SINAL LÍMPIDO

O fato do Tião Bocalom ter se desincompatibilizado da direção da EMATER-ACRE, é um sinal límpido de que está no caminho para ser candidato a prefeito de Rio Branco. Antes de entregar o cargo teve uma conversa com o governador. Vai ficar livre para buscar espaços.

JOGO JOGADO

O jogo é este que está jogando, de só ser candidato se o governador Gladson quiser.

TUDO INDICA

O PSL anunciará o seu candidato a prefeito de Rio Branco na próxima terça-feira, com o perfil de conservador, de direita e liberal. Há uma tendência que o nome venha a ser do empresário Fernando Zamora, um conceituado empresário. O PSL é hoje um partido bem organizado.

NOME RETIRADO

O empresário e presidente da ACISA, Celestino Bento, que era um dos que estava disputando a indicação pelo PSL, se posicionou em um texto nas redes sociais retirando o seu nome. Assim ficam na disputa o jornalista Rogério Wenceslau e o empresário Fernando Zamora. 

FAZENDO SUA PARTE

A prefeita Socorro Neri tem sido intransigente na manutenção de medidas de combate ao Covid-19, e mantém uma barreira sanitária 24 na Rodoviária Internacional de Rio Branco.   

CHUVA DE RECLAMAÇÕES

Não é possível que todos que reclamam contra o aumento abusivo de preços pelos supermercados estejam mentindo. E como não são punidos, eles vão levando na valsa.

DEPASA FUNCIONA

O DEPASA, sob a direção do engenheiro Tião Fonseca, funciona sem burocracia. Os pedidos de serviços feitos pela população são atendidos sem demora. Assim deveriam ser todos os órgãos públicos. Na gestão passada um órgão do qual se ouvia muita reclamação era o DEPASA.

NOVA MEDIDA

O INTO está sendo preparado para que nele sejam centralizados todos os atendimentos dos casos de contaminação pelo coronavírus. Com isso, o PS ficaria liberado só para emergência.

NA DEFESA DO ISOLAMENTO

Vou continuar ao lado da ciência médica, que recomenda o isolamento social, quando se trata de saúde pública e de vidas, não há lugar para a politicagem, improvisações e posições leigas.

NENHUMA MEDIDA

O presidente da ALEAC, deputado Nicolau Junior (PROGRESSISTAS), não pensa no momento em liberar para a volta das sessões presenciais. Não encontraria respaldo em boa parte dos deputados, que preferem seu pautar pela ciência no caso da Covid-19. No que estão certos.

DONOS DOS VOTOS

Para o ex-deputado federal Chicão Brígido, é bom ninguém se achar dono de votos para prefeito da capital. Citou o Kalume ganhando do favorito Ariosto, o Mauri vencendo o Marcos Afonso com a máquina do PT, e o Flaviano batendo o Angelim com o Jorge Viana no governo.

COMPLETA RAZÃO

O Chicão Brígido cita fatos verdadeiros. E um novo: depois de duas décadas vamos ter uma eleição para prefeito de Rio Branco que não ficará restrita ao dueto Oposição x PT. Será uma disputa com o PT fora do poder e não sendo mais protagonista, mas um mero coadjuvante.

CADA ELEIÇÃO É UMA ELEIÇÃO

Essa história do já ganhou é, como bem colocou o Chicão Brígido, um tabu que por várias vezes também vi ser quebrado, seja para prefeito, deputado, senador e governador. Ninguém apostava um centavo na vitória do Nabor Júnior contra o Kalume na disputa do governo, e o Nabor ganhou. Traduzindo: a política tem caminhos que às vezes se tornam insondáveis.

O FAVORITO QUE ENCOLHEU

Um nome até aqui favorito na eleição para a PMRB, já aparece desidratado e a campanha nem começou. Pesquisas no momento não dizem muito, mas parece que o moço bateu no teto.

NEM É PARA DISCUTIR

Não se sabe se a eleição será em outubro ou dezembro, por isso a prefeita Socorro Neri não está errada em deixar esta discussão fora de pauta, num momento difícil de uma pandemia.

RISCO DE CADA UM

Quem quiser assumir o risco de ser contaminado pela Covid-19 não cumpra nenhum protocolo emitido pelas organizações mundiais de saúde. Eu, cá, vou cumprir, ficando em isolamento. 

CADA LOUCO COM A SUA MANIA

Quando se vê tantas teorias da conspiração pelas redes sociais e vindas até de quem mexe com o imaginário popular, teorizando em minimizar a Covid-19, mesmo com milhares de mortes, é de se dizer que a sabedoria nem sempre está nos que tiveram mais estudo na vida. 

FRASE MARCANTE

“Os governos jamais aprenderam nada da história, ou agiram segundo os princípios deduzidos dela”. Georg Wilhem Hegel.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas