Conecte-se agora

Presidiário monitorado por tornozeleira é executado com dois tiros na cabeça

Publicado

em

O presidiário monitorado por tornozeleira eletrônica, João Batista Trindade do Nascimento, de 20 anos, foi executado a tiros em via pública no final da manhã desta quarta-feira (15). O crime aconteceu na rua Anderson Alves, no bairro Recanto do Buritis, Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da polícia repassadas a reportagem do ac24horas, João estava caminhando na rua, quando dois homens não identificados se aproximaram em uma motocicleta e o garupa em posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros. Dois dos projeteis atingiram o detento na cabeça. Após a ação os criminosos fugiram do local tomando rumo ignorado.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas João já se encontrava morto.

A área foi isolada pela Polícia Militar até a chegada o perito criminal. O corpo de João Batista foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

O caso será investigado pelos Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia acredita que a morte de João está relacionada a guerra entre organizações criminosas.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas