Conecte-se agora

Força Aérea recolhe respiradores defeituosos do Acre

Publicado

em

Oitenta e dois respiradores que necessitam de reparo serão transportados, pela Força Aérea Brasileira, para manutenção em diversas unidades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

A iniciativa, anunciada neste domingo (12), é resultado de parceria entre o Ministério da Defesa e a Confederação Nacional da Indústria (CNI). os defeitos apresentados são variados, como: necessidade de limpeza, calibração, verificação de peças plásticas ressecadas, mangueiras ou conexões, mas o principal problema costuma ser com a bateria do equipamento. A meta é devolver os respiradores para uso em até uma semana.

Conforme levantamento, a unidade do SENAI em Salvador (BA) receberá o maior número de aparelhos para conserto. Serão 32 respiradores provenientes dos Estados do Maranhão, Rio de Janeiro, Amazonas e Acre, além do Distrito Federal.

Os centros que receberão os outros aparelhos estão localizados em Curitiba (PR), Manaus (AM), Natal (RN), Recife (PE), São Luiz (MA) e São Paulo (SP), além de Belo Horizonte (MG), que também receberá respiradores provenientes de Barbacena, Juiz de Fora e Lagoa Santa, no interior do estado. Nesta missão, também haverá o envolvimento do Exército e da Marinha.

A primeira ação da parceria ocorreu em 6 de abril, quando 18 equipamentos foram recolhidos pela Força Aérea Brasileira, na capital federal e em Macapá, para manutenção no SENAI de Belo Horizonte.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas