Conecte-se agora

Polícia cumpre 7 mandados de prisão em investigação que envolve empresas de deputado

Publicado

em

Investigação da Policia Civil, através da Delegacia de Combate à corrupção – DECOR e Departamento de Inteligência – DI, em parceria com a Controladoria Geral do Estado – CGE começou a cumprir, nesta quinta-feira, 07 mandados de prisão temporária, 20 mandados de busca e apreensão nas sedes de 4 empresas em Rio Branco, Tarauacá e Xapuri, além dos armazéns de merenda escolar da SEE, em Rio Branco, Tarauacá, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul.

Como o ac24horas adiantou em duas reportagens publicadas nesta semana, um esquema pode ter movimentado mais de R$ 20 milhões no desvio de recursos públicos destinado a merenda escolar no Acre.

A justiça atendeu a representação da Polícia Civil e bloqueou, preliminarmente, R$ 5 milhões das contas dos investigados, além de tornar, temporariamente, indisponíveis bens móveis, imóveis e semoventes dos envolvidos.

>>> Esquema na merenda pode ter movimentado R$ 20 milhões no Acre e envolve empresas “laranjas” ligadas a deputado

>>> Inquérito que investiga “Prato Extra” terá desfecho com prisões a qualquer momento em todo o estado

A operação policial já conta com 2 meses de investigação com foco em desvio de recursos públicos relacionados a merenda escolar sendo apuradas diversas práticas como: entrega de produtos e itens com qualidade inferior ao contratado ou em quantidade menor, além falsificado de documento público, falsidade ideológica e associação criminosa entre outros crimes e irregularidades previstas na Lei de Licitações e Contratos Públicos.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas