Conecte-se agora

Coletiva revela que existem dois foragidos da Operação Mitocôndria

Publicado

em

A cúpula da Polícia Civil do Acre, junto com o Secretário de Segurança Pública do Acre, Paulo Cézar dos Santos, e representante do Ministério Público do Acre, concederam coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira, 9, sobre a Operação Mitocôndrias que investiga desvio de recursos públicos destinados à compra de merenda escolar.

Segundo o delegado responsável pela investigação, Alcindo Júnior, existem duas pessoas que são consideradas foragidas. Apesar de não confirmar por causa da Lei de Abuso de Autoridade, uma delas seria o filho do deputado estadual Manoel Moraes, Cristian Silva.

De acordo com o delegado, as investigações apontaram para a organização de um esquema envolvendo empresários e servidores públicos onde a merenda não era entregue, mas os recursos eram pagos. Há também provas de que quando os produtos eram entregues, eram de qualidade inferior ao que estava estabelecido no contrato, como afirma o Promotor de Justiça Antônio Alceste.

“O que se descobriu é que havia um conluio entre empresários e servidores que resultou no pagamento de produtos que não foram entregues e a entrega do que não estava no contrato, sendo produtos de qualidade inferior”, destaca.

O Delegado Geral de Polícia Civil, José Henrique Ferreira, afirmou que esta é apenas operação. Novas prisões e buscas e apreensões não estão descartadas, principalmente por conta dos novos documentos que vão ser periciados.

“Essa é uma investigação que está há mais de 2 meses em curso. O primeiro ato foi a operação de hoje na capital e em alguns municípios do interior. Vamos periciar tudo que foi apreendido e provavelmente teremos novos desdobramentos”, disse Henrique.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas