Conecte-se agora

Após deputado dizer que Estado “usa e não paga”, Gladson diz que afirmação não é sobre atual gestão

Publicado

em

O governador Gladson Cameli resolveu se posicionar a cerca das declarações do deputado Manoel Moraes (PSB), que faz parte de sua base de apoio na Assembleia Legislativa, que afirmou que o Estado é “desonesto” pois “comprou, usou e não pagou”, em referência ao não pagamento aos fornecedores de merenda escolar, que foram alvo nesta quinta-feira, 9, da operação Mitocôndria, desencadeada pela Polícia Civil.

Cameli afirmou que a frase do parlamentar não se refere a atual gestão. “Certamente essa frase não se refere a nossa gestão porque, mesmo diante da grave crise quando assumi o Estado, o governo paga seus fornecedores e ainda vem quitando dívidas da gestão anterior”, disse o Chefe do Palácio Rio Branco que cumpre agenda em Cruzeiro do Sul.

Sobre a investigação que culminou com a decretação de 7 prisões e 20 mandados de busca e apreensão, o governador afirmou que se trata de algo de natureza policial e não política.

“O trabalho de investigação é de natureza policial e não política, principalmente por tratar-se de recursos públicos que devem ser utilizados em benefício da população, sendo obrigação do governo do estado prestar contas desses recursos”, frisou.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas