Conecte-se agora

Vai espirrar candidato com o fim da imoralidade

Publicado

em

O Juiz Federal Itagiba Catta Preta, da 4° Vara Federal do Distrito Federal, determinou o bloqueio do repasse de valores da União ao Fundão Eleitoral e ao fundo partidário, e autoriza que a as verbas sejam usadas pelo governo federal no combate ao Covid-19. Caso a decisão não venha a ser derrubada numa instância superior vai espirrar candidato a prefeito para todos os lados. Em Rio Branco, por exemplo, dos atuais dez postulantes à PMRB, a maioria está na corrida apenas contando com os gordos repasses que viriam do Fundão e da verba dos partidos, ficariam no máximo quatro.  Espera-se mesmo que, o que foi decidido pela justiça federal do DF venha ser mantido. O Fundão, que teve um naco arrancado da Saúde, é uma imoralidade aprovada pela classe política, são bilhões que seriam torrados por candidaturas, a grande maioria inexpressiva, numa farra não justificável num país com tantas diferenças sociais. Vamos ver que político vai meter a cara e tentar sustar a medida judicial, que antes de tudo é moralizadora. Quem disputar prefeituras, que dispute com seus recursos e carisma.

NÃO É SÓ NA CAPITAL

Este escândalo da merenda escolar vai atingir também algumas prefeituras do Alto Acre, porque é o mesmo esquema usado pelo grupo na capital. A informação que chegou à coluna por boa fonte é que a gaiola deverá ser alargada para caber também alguns prefeitos.

EM FASE FINAL

O inquérito policial a respeito, como o ac24horas divulgou, está no fechamento.

PEDRA CANTADA

Aconteceu o que o BLOG DO CRICA tinha cantado na edição anterior de que o Diário Oficial viria carregado com um pacote de demissões de indicações do ex-prefeito Vagner Sales e do seu grupo político. O Vagner faz um jogo arriscado ao optar por brigar com o Gladson Cameli.

NÃO SE COMPRA BRIGA

O Vagner tinha a candidatura do filho Fagner Sales (MDB) sem atropelo, e com esta atitude açodada de peitar o governador com uma aliança com o PSDB, que nem era essencial, colocou contra a sua campanha o Gladson Cameli, que tem a máquina e conhece as pedras do Juruá.

CONVERSAS POLÍTICAS

O governador deve seguir hoje para Cruzeiro do Sul, onde entre outras pautas, por certo estará a sucessão municipal e a busca de uma candidatura forte para vir apoiar na eleição. Falando com alguns amigos políticos, todos admirados com o erro estratégico do Vagner.

FICO COM A CIÊNCIA

Em debate sobre o coronavírus com políticos leigos, fico de fora. Como sou leigo no assunto, para não falar bobagens, prefiro seguir o que dizem as autoridades da área da saúde de que a medida mais eficaz enquanto perdurar a pandemia é manter o isolamento social. O Covid-19, não mata só idosos! Alguns, não entenderam.

ACABOU O VENTO

Todos os ventos sopravam para as velas do barco do vereador Lauro Benigno, que era o queridinho da turma do PCdoB, PSB e PT, como candidato a prefeito de Tarauacá. Mas, o vento parou de soprar e, os então aliados do PCdoB, PSB e PT, o deixaram à deriva e pularam no barco do Rodrigo Damasceno (PSDB). Se muito conseguir, o abandonado Lauro será vice.

É ESPERTO!

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) é uma fera na articulação de bastidores, inventou uma tal de frente por Tarauacá, virou protagonista das ações e ainda tirou o ex-prefeito Rodrigo Damasceno da tumba para ser candidato a prefeito, com competitividade. 

MUITO CEDO

Não tem favorito para a prefeitura de Rio Branco. Não há nem como se situar o quadro faltando seis meses para a eleição. Não peguem por parâmetro a eleição passada, é outro quadro e outro cenário. Só com os candidatos na campanha as pesquisas serão confiáveis.

BOM EXEMPLO

Param alguns dos seus colegas, o deputado Géhlen Diniz (PROGRESSISTAS) poderia ser o primeiro a dar bom exemplo doando a uma instituição de caridade 50% dos seus salários, para então depois ter a legitimidade para pedir aos demais parlamentares que façam o mesmo.

CARTEL DE DERROTAS

A candidata a prefeita de Sena Madureira, Toinha Vieira (PSDB), terá dificuldades para fazer decolar, pelo fato de estar isolada, não terá os aliados que esperava e vem de quatro de derrotas nas últimas campanhas. Saiu errado o plano de ser candidata única da oposição.

SD PERDEU NA TROCA

O SOLIDARIEDADE perdeu na troca da deputada federal Vanda Milani (SD) pelo Luziel Carvalho (SD) para disputar a PMRB. A Vanda tem uma base em Rio Branco, é deputada, o que não acontece com o Luziel, que nunca teve mandato. E voto é mercadoria difícil de transferir.

CONDUZINDO BEM

Quem vem se conduzindo bem e dentro das normas científicas no enfrentamento da pandemia do Covid-19 é a prefeita Socorro Neri, tem feito tudo ao seu alcance no grave cenário. O momento é de se manter o isolamento, porque a curva ainda é crescente.

AINDA NÃO SE PRONUNCIOU

O presidente do MDB, deputado federal Flaviano Melo, a figura mais tradicional do partido ainda não se pronunciou sobre o rompimento do governador Gladson Cameli com o MDB, mas pelo que conheço do velho lobo, o seu silêncio é um aval ao ex-prefeito Vagner Sales.

NÃO ESTAVA CONTENTE

Não pensem que a pancadaria que o deputado Roberto Duarte (MDB) promove contra o governador Gladson Cameli é um ato isolado, tem o apoio do partido é do próprio Flaviano.

DEIXARAM BEM CLARO

As lideranças do MDB já deixaram claro que o partido tem projeto próprio para 2022.

RESTRITO AOS BASTIDORES

Cessada a correria da troca de partidos, a política deve dar uma esfriada por conta dos casos do Covid-19, que é a única prioridade do momento. A discussão só deverá reacender com vigor a partir da queda dos índices da pandemia no Estado. Até lá fica restrito aos bastidores.

POUCO SE FALA

Nesta guerra contra o coronavírus pouco se fala sobre a ação dos médicos, enfermeiros, atendentes de enfermagem e demais servidores da SESACRE. São os heróis anônimos desta batalha para que vidas não sejam ceifadas; enquanto nos isolamos, eles trabalham.

QUANTA SANDICE!

A mortandade no mundo é registrada diariamente por conta da ação do Covid-19 e ainda existem os que desdenham de uma realidade científica. Quanta sandice se fala a respeito.

POSTOS DE APOIO

O governo e a prefeitura poderiam montar postos para orientar os autônomos que têm dificuldade em operar os aplicativos e conseguir os 600 reais liberados pelo governo federal.

EVITEMOS O RISCO

Quem tiver que sair de casa não deixe de usar máscara, evite contatos diretos como cumprimentos de mãos, as aglomerações, mas o ideal é que fiquem isolados enquanto não vierem as novas orientações das autoridades médicas. Já são 688 mortes no país e 2 no Acre.

BONS NOMES

A eleição para a Câmara Municipal de Rio Branco vai apresentar um diferencial, pelos nomes que estão nas chapas dos partidos, boa parte é de pessoas qualificadas e algumas que foram bem votadas na eleição para deputado estadual. Será uma disputa muito competitiva.

É DE ALEGRAR

É de se alegrar quando se vê pessoas com qualificação profissional entrando na política, que nos últimos tempos tem sido palco de escândalos de corrupção. Uma luz no fim do túnel!

VELHO ZAM

Dita há mais de 20 anos, mas continua atual a frase do folclórico Zamir Texeira, o “terrível Zam” – “Na política do Acre, não há mais lugar para os amadores.”

FRASE MARCANTE

“O Brasil progride á noite, enquanto os políticos estão dormindo”. Elias Murad.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas