Conecte-se agora

Sesacre afirma que 4 pessoas estão internadas por causa do coronavírus em Rio Branco

Publicado

em

Na tarde desta terça-feira, 8, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) confirmou a segunda morte por coronavírus no Acre.

Com duas mortes em 50 casos confirmados, a taxa de mortalidade no estado (4%) está um pouco abaixo da média nacional que na manhã desta quarta-feira, 9, era de 4,9%.

De acordo com a Sesacre, a maior parte dos casos positivos está evoluindo sem complicações, não necessitando de internação, com indicação de isolamento domiciliar por 14 dias para tratamento e recuperação. Destes, 36 receberam alta por já ter cumprido os 14 dias e não estarem apresentando mais os sintomas da doença, sendo que 12 já realizaram reteste apresentaram o resultado negativo para coronavírus.

Existem, ainda de acordo com a saúde estadual, 4 casos em internação no momento. Uma idosa de 77 anos que está na UTI do pronto-socorro, uma idosa de 81 na enfermaria do Hospital Santa Juliana, uma mulher de 35 anos e um homem de 54 anos na UPA do 2º Distrito.

A capital acreana concentra 39 dos 50 casos, o que representa 78% do total. A maior incidência da doença acontece nos bairros Morada do Sol, Bosque, Manoel Julião, Isaura Parente, Estação Experimental e Habitasa.

O município que mais preocupa é Acrelândia. Com o registro de 9 casos, sendo que 7 já foram curados, Acrelândia tem uma incidência de 59 casos por 100 mil habitantes. Para se ter uma ideia do que isso representa, a capital de maior incidência do país é Fortaleza, no Ceará, com uma taxa de 34,7 casos por cada 100 mil habitantes.

Um outro dado que chama a atenção é que apesar da grande maioria das mortes está ligado a idade, por isso a necessidade maior de se proteger os idosos, e a portadores de doenças já existentes como hipertensão e outras doenças crônicas, o coronavírus não faz distinção de faixa etária. Dos 50 casos do Acre, a maior porcentagem, 32%, está na faixa etária de 30 a 39 anos de idade, seguido dos que tem entre 40 a 49 anos, o que representa 22%.

O temor com os idosos é comprovado pela relação entre o número de casos e de óbitos. Segundo números da própria Sesacre, na faixa etária de 70 a 79 anos há o registo de 4 casos no Acre. É exatamente nesta faixa etária onde aconteceram as duas mortes até o momento em Rio Branco.

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas