Conecte-se agora

Governo do Acre quer alterar empréstimo de R$ 392 milhões para R$ 510 milhões

Publicado

em

O governador Gladson Cameli encaminhou à Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 7, um projeto de autoria do poder executivo pedindo autorização para alterar os dispositivos da lei Nº 3.547, de 13 de novembro de 2019, que autorizou o Estado a contratar operação de crédito junto a Caixa Econômica Federal no valor de R$ 392 milhões.

Com o pedido de alteração, a operação deixa de ser de R$ 392 milhões para R$ 510 milhões, R$ 118 milhões a mais, e cerca de R$ 20 milhões serão realocados para pagar dívidas com precatórios do Estado. De acordo com a proposta, R$ 242 milhões serão utilizados para o pagamento de outro empréstimo e R$ 248 milhões serão usados em obras de infraestrutura.

Em sua mensagem a Mesa Diretora da Aleac, o governador alega que com a crise os recursos ficaram escassos e a modificação tem o objetivo de equilibrar o orçamento. “É importante ressaltar que o alívio fiscal proporcionado pela operação de crédito permitirá uma maior movimentação da economia com a realização de novos investimentos”, frisa o comunicado.

O deputado Roberto Duarte (MDB) alertou sobre o fato de ter se passado seis meses desde aprovação e sanção e o fato dos projetos em torno do empréstimo não terem sido executados. “Mas, o problema não é falta de dinheiro, mas sim a incapacidade do governo de elaborar os projetos com recursos de operações de crédito e de convênios. A pior execução da história, diga-se de passagem. Vale lembrar que ele já tem mais de R$ 1,5 bilhões aprovados e boa parte em conta financeira, e até agora não conseguiu sequer apresentar os projetos das obras ou abrir licitações para tal”, argumentou o parlamentar.

A proposta foi analisada pela Comissão da Aleac e foi aprovada por unanimidade pelos deputados. A proposta deverá ser votada ainda hoje.

Anúncios

Acre

Casal morre ao colidir moto contra árvore em perseguição policial

Publicado

em

Um casal de acreanos morreu na madrugada deste domingo, 25, durante uma perseguição policial na cidade de Porto Velho, em Rondônia. Samuel Assis Lima de Miranda, 26, e Beatriz Aguiar trafegavam em uma motocicleta modelo Fan 160 quando uma guarnição policial flagrou o casal na contramão da Avenida Jorge Teixeira e deu ordem de parada.

Segundo a polícia, o condutor Samuel não atendeu e seguiu em alta velocidade. A jovem ainda teria gritado para o homem parar, mas ele não atendeu.

A PM fez acompanhamento e uma perseguição foi iniciada. A polícia informou que Samuel entrou na Avenida Tiradentes, ainda em alta velocidade e nas proximidades da Avenida Rio Madeira acabou colidindo a moto em uma árvore. Ambos morreram no local.

A região em que as vítimas colidiram foi isolada e recebeu a presença da perícia criminal. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML).

Continuar lendo

Cotidiano

Mulher é presa ao tentar entrar com 33 comprimidos de maconha em presídio

Publicado

em

Policiais penais do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) prenderam na manhã deste domingo, 25, uma visitante que tentava entrar na Unidade Penitenciária Moacir Prado, em Tarauacá, com 33 comprimidos de uma substância aparentando ser maconha. As cápsulas foram encontradas dentro de uma caixa de suplemento alimentar que seria entregue ao neto da visitante.

A equipe de plantão informou que ao se apresentar para a revista social, a mulher portava consigo alguns remédios que seriam entregues ao preso visitado. Durante a revista, os policiais perceberam que as cápsulas de suplemento alimentar apresentavam formato estranho. Ao abrir, os profissionais identificaram a substância entorpecente.

Diante do ocorrido, a visitante foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil do município, juntamente com o material ilícito, para a realização dos procedimentos cabíveis. No âmbito da unidade, um procedimento administrativo será aberto para apuração dos fatos.

Continuar lendo

Extra Total

Acre deve manter oscilação e estabilidade da Covid-19 até novembro, diz Fiocruz

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

Divulgado na última sexta-feira, 23, o novo Boletim InfoGripe da Fiocruz mostra que os casos notificados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e de Covid-19 no país, independentemente da presença de febre, mantêm sinal de queda, embora em ritmo mais lento.

No entanto, todas as regiões brasileiras ainda encontram-se na zona de risco e com ocorrências semanais muito altas, exceto a região Sul, que apresenta sinal epidêmico. Entre os resultados positivos para os vírus respiratórios, cerca 97,7% são em consequência do novo coronavírus.

Referente à Semana Epidemiológica 42, que abrange o período de 11 a 17 de novembro, a análise tem como base os dados inseridos no Sistema de Informação e Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até o dia 20 de novembro. Essa análise mostra que no Acre a tendência é de ´estabilidade´ ou ´oscilação´.

Já os dados do Consórcio de Empresas de Comunicação, que tratam apenas da Covid-19, mostram que no Acre os casos novos e óbitos estão em desaceleração.

Continuar lendo

Cotidiano

Após sair da Universal, Andressa Urach recebe convite para participar do Big Brother

Publicado

em

Andressa Urach voltou a ser assunto neste final de semana após surgir nas redes sociais detonando a falsidade que existe dentro das igrejas. Ela mostrou que estava aderindo ao antigo visual. Ela colocou megahair, usou maquiagem e até pintou as unhas de vermelho.

Em entrevista, Andressa Urach explicou sua saída da Igreja Universal: “Descobri que eu não tenho o chamado para ser pastora. A única coisa que quero fazer é ser uma pessoa normal e buscar me tornar um ser humano melhor do que aquele que fui ontem. Não sou perfeita e nunca serei”.

Bastou ser divulgada a notícia que Andressa Urach saiu da IURD para que soltassem a informação que a mulher recebeu convite para participar da próxima edição do Big Brother Brasil. Quem deu a notícia com exclusividade foi o colunista Erlan Bastos, do UOL.

Andressa Urach recebeu o convite oficialmente no valor de R$ 40 mil como cachê. A próxima edição vai repetir o que deu certo na edição anterior, juntar famosos e anônimos. Vale lembrar que a loira ficou famosa após sua participação polêmica em A Fazenda 12.

A famosa ainda não respondeu se aceita ou não participar do BBB. A única recusa de Andressa Urach vem sendo justamente o valor do cachê, R$ 40 mil. Todos os participantes são forçados, por conta do contrato que assinam, a negar que estarão no programa da Globo.

Fonte: TV FOCO 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas