Conecte-se agora

Gerlen diz que salários de servidores podem atrasar em maio

Publicado

em

No que depender do líder do governo Gladson Cameli (Progressistas), deputado estadual Gerlen Diniz (Progressistas) o clima de “pânico” está instalado no Acre. Em entrevista a uma rádio local, o parlamentar afirmou que existe a possibilidade “real do não pagamento dos servidores públicos estaduais” a partir do mês de maio devido a crise instaurada no Brasil e no Acre com a paralisação da economia, e, consequentemente, baixa arrecadação de ICMS pelos estados, incluindo o Acre.

“Dependendendo da situação dentre em breve, corremos o risco de atrasar o pagamento dos servidores públicos. O governo Gladson vem conseguindo manter em dias, mas cadê a arrecadação? O comércio não está funcionando. O governo não está arrecadando ICMS e o repasse do governo federal vai cair drasticamente, resultado: dentre em breve, não quero espalhar pânico, mas se preparem senhores [servidores], da forma que esta, seja servidor público municipal, estadual ou federal, tem que se preparar e começar a economizar desde agora. Porque existe o risco do não pagamento de salários no final do mês é real. Não é nesse mês! acredito que esse mês paga ainda, mas o mês que vem, mês de maio, já temos um sério risco”, afirmou.

Em tom de alerta, o líder do governo pede à população acreana para que comecem a economizar dinheiro sob pena de passar sérias dificuldades financeiras e até de sobrevivência.

O alerta se dá mediante o cenário de drástica queda de arrecadação financeira a nível federal, estadual e municipal, uma vez que para conter os indícios do Covid-19, foi necessário fechar comércios, estabelecimentos comerciais, shopping, entre outros espaços.

O parlamentar ainda conclamou a sociedade afortunada e os empresários a realizarem ações solidárias como a doação de alimentos para quem necessita e está impossibilitado de trabalhar, a exemplos dos trabalhadores informais e autônomos.

“Você que tem uma vida abonada, você que é empresário e que tem condições de ajudar, ajude o próximo! O momento é agora, e se a gente se unir, a gente consegue fazer essa travessia que é difícil. Serão meses de muita luta”, encerrou.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas