Conecte-se agora

Deracre regula travessias de balsas para garantir segurança sanitária aos passageiros de municípios

Publicado

em

Em cidades como Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Xapuri, os moradores usam balsas para atravessar rios de carro ou moto. Para evitar aglomeração devido à pandemia de Coronavírus, o DERACRE tomou medidas preventivas na travessia nesses municípios.

No Rio Juruá, agora a balsa grande (gratuita) só poderá levar 6 carros e 8 motos. Os motoristas devem ficar dentro dos veículos durante a travessia e os motociclistas, permanecer em suas motos.

As balsas pequenas (pagas) poderão cruzar o Rio Juruá com 10 pessoas.

Em Xapuri,  a balsa que faz a travessia para o bairro Sibéria e zona rural, pode levar em cada viagem apenas 3 carros incluindo-se caminhonetes, 5 motocicletas e 10 pedestres (incluídas pessoas com bicicletas) ou 1 caminhão, 5 motocicletas e 10 pedestres (incluindo-se as pessoas com bicicletas).

Os motoristas devem permanecer dentro dos veículos durante a travessia e os passageiros a pé deverão ficar a um metro e meio de distâncias uns dos outros. Veículos de utilidade pública e de abastecimento terão prioridade de vez.

O diretor do Deracre, Ronam Fonseca, cita que as medidas foram acordadas com órgãos afins e representantes da população das cidades e buscam garantir a segurança sanitária dos usuários do serviço de balsa. Afirma que “se houver necessidade faremos mudança novamente”.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas