Conecte-se agora

MPAC vai investigar Santa Juliana por se recusar a receber pacientes com a Covid-19

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio da Promotoria Especializada de Defesa do Consumidor, instaurou inquérito civil para investigar hospital particular que teria se recusado a receber pacientes com a Covid-19.

A promotora de Justiça Alessandra Garcia Marques explica que chegou ao MPAC a denúncia de que pacientes diagnosticados positivos para o coronavírus, inclusive em estado grave, com necessidades concretas de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que possuem contrato de plano de Saúde com a Unimed Rio Branco, estariam a espera de vaga no hospital particular credenciado à rede para atendimento, e estes foram informados que a unidade hospitalar não teria condições estruturais e força de trabalho para atendê-los.

“Estamos cobrando ação imediata do hospital, no sentido de coibir as práticas possivelmente ilegais, para isso, instauramos inquérito civil e estamos investigando e tomando todas as medidas para que os pacientes possam ter o tratamento devido e adequado”, disse a promotora.

O MP acreano determinou que no prazo máximo de 12 horas o hospital informe, por escrito e de modo detalhado, a atual situação da unidade hospitalar quanto à estrutura e capacidade de atendimento de pacientes infectados pelo coronavírus, assim como em igual tempo, manifestação da Unimed e do Conselho Regional de Medicina (CRM), sobre os fatos em investigação.

Agência MPAC

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas