Conecte-se agora

Promotor e empresários debatem aumento do preço de alimentos em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O promotor Iverson Bueno e empresários do ramo de alimentos se reuniram nesta quarta-feira, 25, na sede da Associação Comercial de Cruzeiro do Sul, para tratar do aumento do preço de alguns itens alimentícios, como o ovo, nos comércios locais.

Além do aumento do preço do ovo, o item sumiu das prateleiras dos comércio. A demanda pelo produto aumentou por causa da quaresma e da quarentena do coronavírus. Na cidade só há uma granja, que não atende toda a procura.

O dono da granja confirmou que reajustou sua tabela de preços devido ao aumento de valores dos insumos pra criação de aves, como a ração. “Há custos em dólar, que está em alta”, explica Ângelo Figueiredo citando que em algumas semanas vai aumentar a produção de ovos na cidade.

As empresas cruzeirense compram ovos de Rondônia e São Paulo.

Os empresários mostraram ao representante do Ministério Público notas fiscais que comprovam o aumento de preço na indústria e distribuidoras de itens que compraram agora como o feijão e óleo, que serão repassados ao consumidor. “Estamos trabalhando com a menor margem de lucro possível e vamos ter que repassar o aumento”, cita Reinaldo Cardinal.

O promotor reconhece que os aumentos serão inevitáveis em toda a cadeia produtiva de alimentos por causa da demanda e logística mas afirma que o Ministério Público está atento e fará inspeções constantes com verificação de notas fiscais para evitar possíveis abusos com relação à aumento de preços.

Apela para que a população não estoque alimentos. “Já orientamos pra que as compras sejam limitadas se houver escassez de determinado item e apelamos pra compaixão das pessoas que não façam estoques”.

Iverson Bueno cita ainda que o MPAC vai fiscalizar também o número máximo de cem pessoas dentro dos supermercados, bem como o espaçamento de dois metros entre um cliente e outro nas filas.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas