Conecte-se agora

Coronavírus adia sonho de acreano que ia fazer sua primeira luta internacional de MMA

Publicado

em

Toda a população acreana, direta ou indiretamente, teve sua rotina alterada por conta da pandemia do coronavírus. Muitos estão em isolamento social para impedir a proliferação do coronavírus. Só que a doença que se tornou uma preocupação mundial também adiou sonhos.

Um deles, é do Acre. Thomas Bryan, lutador de MMA, estava muito perto de realizar o sonho de lutar pela primeira vez fora do país.

Neste próximo sábado, dia 28, Thomas, aos 22 anos, deveria está subindo no rinque em um dos locais mais bonitos do mundo. O desafio, que faria parte do card do 42º Predador Fight Championship, em Cancún, no México.

O atleta acreano que faz parte da academia Chute Boxe, em Rio Branco, enfrentaria o mexicano Daniel “Tukano” Quevedo.

Acontece que como em todo o mundo, o México também está impondo medidas de contenção ao coronavírus. Uma delas, assim como aqui no Brasil é evitar aglomeração. Por esse motivo, o evento foi cancelado e não irá mais acontecer.

“É claro que fiquei triste, mas é algo que não temos controle. Vou aguardar tudo isso passar e esperar que o evento tenha uma nova data para que possa representar bem o Acre nessa luta que pode representar um divisor de águas na minha vida profissional”, afirma Bryan.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas