Conecte-se agora

Prefeitura de Rio Branco deixou de solicitar 11 médicos do Programa Mais Médicos

Publicado

em

O economista e ex-deputado estadual, Luiz Calixto, usou o seu Facebook para questionar a prefeita Socorro Neri (PSB) por não ter solicitado todo as vagas do Programa Mais Médicos do governo Federal disponíveis para a capital.

A Prefeitura de Rio Branco poderia ter 31 médicos, mas solicitou apenas 20 do Programa Mais Médicos. O ex-deputado questionou por qual a motivo à Prefeitura não solicitou todas as vagas.

“São Paulo, capital do Estado mais rico do País, recebeu a oferta de 139 médicos com CRM do Programa Mais Médicos e aceitou todas as vagas. Rio Branco, capital de um dos Estados mais pobres do país, recebeu a oferta de 31 médicos e aceitou apenas 20. Lembrando que o médicos são pagos pelo Governo Federal, cabendo aos municípios apenas o pagamento de uma ajuda de custo, se o médico alocado não residir no município. Diante disso, pergunto-lhe? Por que, prefeita?”, questionou.

O Secretário Municipal de Saúde, Oteniel Almeida, em contato com o ac24horas, esclareceu o questionamento. O gestor relatou que Rio Branco não solicitou todas as vagas porque quando houve esse edital dos Mais Médicos a prefeitura já tinha realizado contratação de profissionais com recursos próprios.

“Rio Branco tava fora do edital do Mais Médicos, e a gente vinha reivindicando que as capitais e regiões metropolitanas entrasse. Pra definir o critério de quantos médicos vem pra cada município, eles avaliam o que a gente chama de Cadastro de Estabelecimento de Saúde, se naquele estabelecimento de saúde tiver um médico cadastrado, ele não envia médico. O programa é pra suprir as unidades de saúde, onde não tinha médico. Como nós estávamos fora do edital e eles só liberaram por conta da pandemia. Houve um esforço da prefeitura em contratar médicos, então nós tínhamos direito há 31 ou a capacidade de 31 pela relação do Ministério, mas quando foi na hora de cadastrar nós já tínhamos ocupado essas vagas com outros profissionais. Portanto, nós ficamos sem ocupar essas vagas. Então como era 31 e ocupamos 20, ficou 11 vagas em aberto, só que o que que aconteceu, nós cadastramos 20 e estamos no aguardo desses 20. Então, esses onze médicos que deixaram de ser cadastrados é porque nós já tínhamos contratado pela prefeitura e, por isso, não ficou no edital do Programa Mais Médicos. A Prefeita teve uma reunião com o MS e o Presidente, e eles pediram pra gente repassar as demandas. Como as demandas de atendimento aumentaram, e nós precisamos de mais médicos, não mais pela unidade e sim para gente abrir novos pontos de consulta médica, nós estamos fazendo um documento pedindo a contratação de mais médicos”, explicou.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas