Conecte-se agora

Após “limpa”, Gladson nomeia novo presidente e diretores do IDAF

Publicado

em

Depois de exonerar toda a gestão do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre (Idaf) sob a alegação de o governador quer um órgão extremamente técnico, que atenda todas as exigências do Ministério da Agricultura, atingindo as metas necessárias para o combate à aftosa no estado, Gladson Cameli fez nesta quarta-feira, 25, a nomeação dos novos gestores que terão o desafio de conduzir o Idaf.

Para a presidência, o governador escolheu José Francisco Thum, que aparece como representante de uma das maiores empresas especializadas em reprodução bovina do país.

Já para o cargo de Diretor Executivo do Idaf o nomeado é o veterinário, servidor de carreira do órgão, José Lucenildo. O cargo de diretor técnico vai ser ocupado por Jessé Moreira Campos.

Gladson se arrependeu de uma das exonerações e tornou em efeito a exoneração de Jogiane de Moura do cargo de chefe de departamento do Idaf.

Quem também ficou desempregado apenas 24 horas foi o ex-presidente do órgão Rogério Melo foi nomeado como o novo Presidente da Zona de Processamento de Exportação do Acre S/A – ZPE/AC.

Anúncios

Acre

Acre é o 5° estado em Qualidade da Informação Contábil e Fiscal

Publicado

em

Com nota 220, o Acre ocupa o 5° lugar no Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal, uma iniciativa da Secretaria do Tesouro Nacional criada para avaliar a consistência da informação que o Tesouro recebe por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro e, consequentemente, disponibiliza para acesso público.

Pernambuco lidera com 226 pontos. Não há limite de pontuação na escala. O último do Ranking é o Estado de Roraima, com 41,5 pontos.

A intenção do Ranking é fomentar a melhoria da qualidade da informação contábil e fiscal que é utilizada tanto pelo Tesouro Nacional quanto pelos diversos usuários dessa informação.

Os dados foram divulgados recentemente e não trazem os resultados por município em respeito ao período eleitoral.

No Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal de 2020, que analisa os dados de 2019, foram introduzidas várias inovações, como a criação de novas verificações mais complexas, a inclusão da Dimensão I e a introdução do Ranking Municipal. As bases de dados foram extraídas no dia 03/06/2020 e considerou as declarações homologadas até o dia 02/06/2020.

Continuar lendo

Acre

Sem peças de reposição, Depasa vive em colapso, diz Edvaldo

Publicado

em

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) disse nesta terça-feira (20) durante sessão remota da Assembleia Legislativa que apresentou requerimento pedindo informações sobre o estoque de peças de reposição de bombas e sucção de água no Depasa.

Em Plácido de Castro há problemas desde sexta-feira passada na bomba de sucção. “Se tivesse materiais básicos, estaria funcionando no dia seguinte”, explicou Magalhães que já foi diretor-presidente da autarquia na gestão do PT.

Os equipamentos trabalham o dia inteiro e, portanto, quando quebrados não é surpreendente. “No entanto eles quebram sempre e é preciso ter estoque de manutenção de peças”, disse o deputado. “Não temos em estoque o mínimo de material básico de manutenção”, disse.

Continuar lendo

Acre

Longo faz alerta de golpes no Pix e pede campanha de esclarecimento

Publicado

em

O deputado Pedro Longo (PV) disse nesta terça-feira (20)que está preocupado com a nova modalidade de pagamento, o Pix, criado pelo Banco Central. “É no sentindo da necessidade de uma ampla campanha educativa para nossa população”, disse. A campanha envolveria grandes redes, governo e demais instituições, visando evitar golpes especialmente contra a pessoa idosa.

O parlamentar reconhece a praticidade do Pix, afirma que é necessário cautela. “Já há denúncias de que instituições estão fazendo o cadastramento da chave do Pix sem autorização do interessado”, relata Longe enfatizando que o QRCode, que será mais usado pelo Pix, possa ser fraudado também

Continuar lendo

Acre

Vereadores cobram solução sobre a falta de água em Rio Branco

Publicado

em

Os vereadores Mamed Dankar (PROS), Railson Correia (Podemos), Rodrigo Forneck (PT) e Artêmio Costa (PL), durante sessão desta terça-feira, 20, da Câmara de Rio Branco, pediram providências do governo e prefeitura acerca do problema da falta de abastecimento de água, que vem assolando moradores de diversos bairros da capital.

O vereador Rodrigo Forneck (PT) afirmou que é “consenso” que em toda Rio Branco ocorre a falta de água. “A situação tá muito preocupante. Eles estão afastando toda a área técnica de que é quem conhece o problema. Toda semana eles vem com uma desculpa nova: é a distribuição, a bomba, reservatório e dentre outras coisas. Mas o fato é que há muitos anos, a gente não via uma crise de abastecimento como estamos vendo agora. O fato é que tem que ser tomada alguma medida”, pontuou.

O vereador Railson Correia (Podemos) corroborou a fala de Forneck de que muitos têm sido afastados, inclusive, até engenheiros que trabalham no saneamento de água e esgoto.

“A gente não pode fechar os olhos pra isso. Tem gente com 20 dias sem água. Isso é crime. Tem uma galera aí que me ameaçou até de processar. Não dá pra tratar a falta da água desse jeito. As pessoas certas tem que estar no lugar certo”, afirmou.

O vereador Artêmio Costa (PL) pontuou que nesse momento de pandemia a falta de água é muito grave e pediu uma resolução tanto da Prefeitura e do Estado.

“Muitas famílias estão gastando dinheiro para comprar água. Isso é falta de respeito com a população. Nesse momento de pandemia, muitas famílias não têm água nem para lavar as mãos”, afirmou.

O vereador Mamed Dankar (PROS) lamentou o desabastecimento e pontuou que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) não prevê nenhum real para a reversão do saneamento e água do Estado para o Município.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas