Conecte-se agora

Segundo dia de vacinação contra influenza: Prefeitura faz a imunização de mais de 4,5 mil

Publicado

em

Os números do segundo dia de vacinação de idosos e profissionais de saúde contra o vírus da influenza confirmou o sucesso das estratégias montadas pela Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA). Foram exatamente 4.569 pessoas imunizadas. Dessas, 1.100 foram vacinadas sem sair do carro e 3.469 formam vacinadas em casa.

A “Vacina sem sair do carro” está acontecendo no antigo pátio de vistoria do Detran, na avenida Nações Unidas, em frente ao 7º BEC. Já a “Vacina em casa” está sendo realizadas por equipes da SEMSA que visitam as residências dos idosos cadastrados no Sistema Municipal de saúde e no Cras. Os não-cadastrados, porém, podem solicitar vacinação em casa através do telefone 3224-4269. Os profissionais de saúde estão sendo vacinados nas unidades básicas de saúde, no período da tarde.

A vacina contra a influenza não é eficaz contra o coronavírus, causador da Covid-19, que se tornou pandemia, provocando milhares de mortes em todo o mundo. Contudo, ela evita que as pessoas fiquem debilitadas pela gripe, se tornando alvo fácil para o coronavírus.

Há de se destacar, porém, que esta primeira fase é exclusiva para idosos e profissionais de saúde, que são o grupo de risco prioritário, de acordo com o que foi definido pelo Ministério da Saúde.

“O Ministério da Saúde montou a campanha de vacinação deste ano em três fases. A primeira, que teve início na segunda-feira, é específica para idosos e profissionais de saúde. E há uma razão para isso, pois são os idosos os mais afetados pela Covid-19 e, os profissionais de saúde, aqueles que estão mais expostos à doença, já que estão na linha de frente dessa luta contra o coronavírus”, destacou o secretário da SEMSA, Oteniel Almeida.

Essa primeira fase, com vacinação em casa e nos carros, segue até o dia 15 de abril.

A partir do dia 16 de abril, acontece a segunda fase da campanha de vacinação. A partir de então, serão vacinados doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A terceira fase acontece a partir de 9 de maio. Nesse momento será a vez de crianças de seis meses a menores de seis anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes e até 45 dias após o parto, pessoas com deficiência, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas