Conecte-se agora

Mâncio Lima recebeu apenas 600 doses de vacina contra a gripe

Publicado

em

Por causa do coronavírus a procura pela vacina contra a influenza é maior do que nos anos anteriores e as vacinas disponibilizadas pelo Ministério da Saúde, via SESACRE, para os municípios podem não ser suficientes para atender toda a população priorizada pelo Ministério.

Em Mâncio Lima para atender de idosos e profissionais da saúde, da primeira etapa da campanha seriam necessárias 1.261 doses, mas o município recebeu apenas 600, menos da metade do necessário.

Segundo a Secretária Municipal de Saúde, Joice Gonçalves, a Sesacre só enviará mais quando acabarem as primeiras, o que vai causar uma interrupção na campanha.

A situação segundo ela se repete em várias cidades acreanas. Joice ressalta que o o Conselho de Secretários Municipais de Saúde, COSEMS, vai articular junto ao Ministério da Saúde, a expansão do envio das vacinas para as cidades do Brasil tendo em vista o aumento pela procura.

Estratégia de vacinação em Mâncio Lima

Em Mâncio Lima essa primeira etapa da campanha de vacinação contra a influenza, é feita exclusivamente nas casas dos idosos evitando o deslocamento ou aglomeração deles.

“Nós estamos usando um veículo e indo de casa em casa pra manter os idosos em seus domicílios . A gente percebe uma aceitação e procura maior do que nos anos anteriores. Vamos colocar a disposição mais um carro com a equipe de saúde para atendermos o maior numero possível de pessoas prioritárias”, cita Joice Gonçalves, Secretária Municipal de Saúde de Mâncio Lima.

Os profissionais da saúde são imunizados nos locais onde trabalham.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas