Conecte-se agora

Homem morre após tomar cloroquina vendida em petshop

Publicado

em

Um casal americano do Arizona, após ver na TV o pronunciamento do presidente Donald Trump no qual ele falou que o medicamento hidroxicloroquina demonstrou eficácia no tratamento da COVID-19 causada pelo novo coronavírus, correram para tomar a substância.

Eles acabaram ingerindo o fosfato de cloroquina utilizado em aquários, que é formulado de maneira totalmente diferente daquele empregado para medicamentos e que não deve ser tomado em hipótese nenhuma.

Em apenas 30 minutos os dois começam a sentir os efeitos da intoxicação, causada pela substância no organismo, e deram entrada em estado grave no hospital Banner Health em Phoenix, no Arizona.

O homem, com cerca de 60 anos, morreu na sala de emergência e sua esposa está internada em estado grave. O hospital publicou um comunicado alertando “Dada a incerteza em torno da Covid-19, entendemos que as pessoas estão tentando encontrar novas maneiras de prevenir ou tratar esse vírus, mas a automedicação não é a maneira de fazer isso”.

Informações de O GLOBO.

Anúncios

Acre 01

Goleiro acreano Weverton pega dois pênaltis e Palmeiras é Campeão Paulista 2020

Publicado

em

Em uma final emocionante e com destaque para um acreano, o Palmeiras conquistou na tarde deste sábado, 8, o Campeonato Paulista 2020.

O jogo do título foi de matar o torcedor do coração. O Palmeiras vencia até os 50 minutos do segundo tempo, quando o Corinthians empatou. Com a igualdade no placar, a decisão foi para os pênaltis.

E foi nas penalidades máximas que mais uma vez Weverton, goleiro nascido em Rio Branco e revelado pelo Atlético Clube Juventus, se consagrou mais uma vez. Ao pegar os pênaltis cobrados por Michel e Cantillo, o Palmeiras conquista o título e Weverton levanta mais um troféu em sua vitoriosa carreira.

O goleiro acreano, de 32 anos, é hoje considerado um dos melhores do país em sua posição. Não é à toa que constantemente é convocado para a Seleção Brasileira. Em seu currículo, Weverton tem a medalha de ouro das Olimpíadas de 2016, foi campeão brasileiro em 2018 pelo próprio Palmeiras, além de ter sido campeão paranaense e também tem o título da série B pela Portuguesa em 2011.

No ano de 2018 ganhou o reconhecido troféu Bola de Prata como o melhor goleiro do país na temporada.

Continuar lendo

Destaque 2

Policia e MP investigam pastor Nelson por praticar intolerância contra gays

Publicado

em

O pastor evangélico Nelson de Freitas Correia, conhecido como Nelson da Vitória, também empresário no ramo de autoescola, nomeado em agosto do ano passado em uma CEC-6 na secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para Mulheres (SEASDHM), deverá responder por crime de racismo na justiça.

Segundo informações repassadas ao ac24horas, o Centro de Atendimento a Vítimas do Ministério Público recebeu uma denúncia na última quinta-feira, 06, acerca das postagens e publicações de Nelson que incitava a disseminação de ódio e a intolerância às pessoas transgênero.

Em 2019, os Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) consideraram que atos preconceituosos contra homossexuais e transexuais devem ser enquadrados no crime de racismo. A pena prevista é de um a três anos, podendo chegar a cinco anos em casos mais graves.

Segundo informações repassadas, a Promotoria de Defesa dos Direitos Humanos, do Ministério Público do Acre e a Corregedoria de Polícia Civil deverão abrir uma investigação contra Nelson por crime de intolerância.

De acordo com informações, a Secretária de Direitos Humanos Ana Paula Lima, foi notificada acerca da conduta de Nelson nas redes sociais, mas até o momento não houve qualquer tipo de manifestação oficial.

Em uma das publicações, Nelson da Vitória compartilhou um post em afirmava que só acredita na ideologia de gênero no dia em que Tammy Miranda fizer um filho no cantor Pabllo Vittar.

Em outra publicação compartilhada por Nelson da Vitória, faz o seguinte questionamento: “Alô, operadores de direito. Se eu der um pau na cara da Thamy eu respondo pela Lei Maria da Penha? Ou melhor, agressão contra a mulher?”.

Para Germano Marino, presidente do Fórum de Ongs LGBT do Acre, o comportamento de Nelson da Vitória, enquanto ocupante de cargo público na secretaria de Direitos Humanos, é “inadmissível”.

“Um gestor público que trabalha em uma secretaria que tem por objetivo buscar os direitos para todas as pessoas, resguardando os direitos constitucionais, não pode cometer crime de transfobia, que no Brasil é equiparado ao crime de racismo. Mesmo sendo em uma rede social privada é inadmissível que um gestor público incite a disseminação do ódio e da intolerância às pessoas trans”, diz Germano.

Recentemente, o ac24horas conversou com Nelson da Vitória e, em uma nota, o pastor e pré-candidato a vereador afirmou que sua página na rede social expõe suas opiniões pessoais, que não possuem relação com o seu vínculo de trabalho e garantiu que respeita a opinião de todos, mesmo sem concordar. Nelson ainda pediu desculpas no caso de alguém ter se sentido ofendido.

“Quando escrevo em minha página no facebook exponho ali minha opinião pessoal como cidadão independente de cor, raça, credo religioso ou vínculo empregatício. Se em minhas postagens alguém se sentir ferido ou machucado desculpem não é essa a intenção, mas opinião cada um tem a sua. No dia a dia trato todos com o devido respeito, mas não sou obrigado a concordar todos assim como nem todos concordam comigo. Saúde e paz a todos”, declarou Nelson.

Continuar lendo

Acre

Advogada vai defender de forma gratuita família de Jonhliane

Publicado

em

Os pedidos de justiça insistentemente repetidos durante o velório e sepultamento de Jonhliane Paiva de Souza, morta atropelada por um carro de luxo dirigido pelo fisioterapeuta Ícaro Teixeira Pinto, 33, que disputava um racha na Avenida Antônio da Rocha Viana parece que não vão ficar apenas nas promessas.

A advogada Gicielle Rodrigues anunciou neste sábado, 8, que vai defender a família da vítima sem cobrar honorários. De acordo com a advogada, a forma trágica em que Jonhliane teve sua vida ceifada e delicada situação financeira da família motivaram a tomar a decisão da defesa gratuita.

Gicielli disse que aceitou o desafio por entender que a justiça é o direito do mais fraco diante das injustiças e das desigualdades do caso. A advogada enalteceu Jonhliane ao lembrar que a jovem era mulher trabalhadora, filha dedicada e cheia de sonhos. Na publicação, a advogada chamou Ícaro de irresponsável e pediu ajuda de quem tiver mais informações sobre o caso.

Continuar lendo

Cidades

Diretor do Depasa de Cruzeiro do Sul diz que órgão é um caso perdido

Publicado

em

O diretor do Depasa de Cruzeiro do Sul, José Braz , afirma que a estrutura atual torna o Departamento em todo o Estado “um caso perdido” e que “pode haver um colapso no abastecimento de água em todo o Acre” .

Braz diz que o órgão deixa se arrecadar R$ 3 milhões por mês por que o sistema está parado há seis meses e o setor comercial não funciona. “Sem arrecadar como um órgão sobrevive? Nós estamos pela misericórdia por que se quebrar uma bomba não tem como repor” , conta ele, afirmando que só agora o Depasa voltou a emitir contas de água. “Estava tudo parado porque houve um problema de licitação para implantação desse novo sistema. Hoje se um cliente chegar e quiser puxar a divida pra negociar não tem sistema pra fazer”

As últimas gestões segundo ele, não contribuíram para melhorias ou recomposição do Depasa.”Aqui em Cruzeiro no governo passado o Depasa fez 3 poços artesianos por R$ 2.6 milhões, que não funcionam. Aí agora neste governo teve esse presidente Tião Fonseca, preso por suposta irregularidade financeira. Ele já foi secretário de Obras de Cruzeiro na gestão do ex-prefeito Aluísio Bezerra e é bem conhecido aqui “.

Depasa de Cruzeiro do Sul

Em Cruzeiro do Sul, segundo ele , os problemas do Depasa são operacionais e de falta de investimento e sucateamento dos equipamentos.

Com a pandemia e as pessoas em casa por mais tempo, o consumo de água aumentou, mas a oferta não acompanhou a demanda e muitos bairros chegam a ficar até 5 dias sem o produto. Em Cruzeiro, o consumo médio e de 3 milhões de litros de água por dia.

A cidade é abastecida de água do Igarapé São Salvador , que atende 30% da cidade, e por 48 poços artesianos.

Como o Igarapé é poluído, o custo do tratamento químico da água é de R$ 2 milhões por ano. Já os poços demandam equipamentos, mão de obras e centenas de operações diárias.

“Aqui a solução é mudar a captação superficial para o Rio Môa, que é um grande manancial ou captar água profunda construindo mais 3 poços em locais estratégicos. Uma solução que custa em torno de R$ 35 milhões”, disse o diretor.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas