Conecte-se agora

A culpa  é do mordomo 

Publicado

em

Para o deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS),  a candidatura de Zenil Chaves a prefeito de Sena Madureira faz parte de uma manobra urdida pelo senador Márcio Bittar (MDB), para dividir a oposição e favorecer a reeleição do prefeito Mazinho Serafim (MDB), que é do seu partido, e estará no seu palanque de candidato ao governo em 2022. Zenil é um integrante antigo do grupo de Bittar no município. Gerlen vinha trabalhando para ser o candidato único da oposição a prefeito, ao ponto de anunciar sua saída da liderança do governo para se dedicar á campanha. Acontece é que o PSDB há um bom tempo, calado, já tinha decidido em lançar a candidatura da ex-prefeita Toinha Vieira (PSDB). Mas neste intricado jogo político de Sena quem acabou jogando a melhor peça foi o Zenil, cuja candidatura é ancorada em três ex-prefeitos, um deputado estadual, e no comando do PTB. Para não haver dúvidas melhor é como nos filmes de suspense, colocar a culpa do mordomo. O certo é que a unidade pifou.

SUPERVALORIZAÇÃO E MENOSPREZO

O senador Márcio Bittar (MDB) disse ao BLOG que vê a afirmação por dois pontos: um é a supervalorização ao seu nome de ter montado um arco de alianças em torno da candidatura do Zenil, que não articulou. O outro é menosprezar a capacidade política do Zenil Chaves.

POLÍTICA PRAGMÁTICA

Márcio Bittar diz que considera o Zenil Chaves um “irmão” e que sendo candidato terá o seu apoio. Também disse que não faz política com ódio, ressaltando que, embora o prefeito Mazinho Serafim não tendo lhe apoiado, não é seu inimigo e destinou emendas à prefeitura.

 MUITO MAIS DIFÍCIL

No mano a mano, já não seria fácil derrotar o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), com a oposição dividida esta meta fica mais difícil ainda. Mazinho sabe fazer política. E os dirigentes da oposição sabem que o jogo a ser jogado é este.

ALVOROÇO EM CAPIXABA

O município de Capixaba se encontra em alvoroço depois da notícia que vários políticos do PT e o presidente da Cooperacre, que atestaram positivo para o Covid-19, estiveram em uma reunião no município, no lançamento da candidatura do Serraria para prefeito. Bateu o terror!

NEM UM POUCO

Não ficaria nem um pouco surpreso se o governador Gladson tirar como coelho da cartola o ex-prefeito Tião Bocalom e o lançar como candidato a prefeito de Rio Branco pelo POGRESSISTAS. Mas, isso está perto de se saber, dia 4 é o último dia para filiações. 

CORRE CÉLERE

Esta possibilidade tem sido aventada em conversas políticas dos bastidores palacianos. Nada de oficial e nem uma declaração do governador, registro apenas as especulações que ouvi.

NÃO TERIA REJEIÇÃO

E pelo que tenho escutado, não haveria rejeição no PROGRESSISTAS á filiação do Bocalom.

DERAM UM BALÃO NO GLORIOSO

O prefeito de Porto Acre, Bené Damasceno, deu um balão político no MDB. É que a indicação do nome do núcleo da Educação no município foi feita pelo deputado federal Flaviano Melo (MDB), com o compromisso da indicada vir apoiar a candidatura do Zé Maria (MDB) a prefeito. Só que o Bené foi por trás e a cooptou. Flaviano tentou mudar a indicação e não conseguiu.

CUSPINDO BALA

O MDB está cuspindo bala contra o Gladson, por conta do episódio. Como no Direito, a política também não socorre os que dormem. Cabe uma pergunta, simples: quando foi que o MDB cuspiu o chocolate Sonho de Valsa para o Gladson? Uma bala a mais e uma a menos…..

PAPEL DECISIVO

O senador Márcio Bittar (MDB) é hoje o único político do MDB com prestígio junto ao governador Gladson Cameli, mas é um prestígio pessoal e não partidário. E não é preciso nem perguntar qual o nome que não goza da simpatia palaciana: deputado Roberto Duarte (MDB).

CANDIDATURA ISOLADA

O MDB caminha para ter uma candidatura isolada a prefeito da capital. Se o PROGRESSISTAS lançar um candidato ao governo, a tendência natural do único partido solto, o DEM, é de estar no palanque do candidato do governador. Candidaturas majoritárias ciscam para dentro.

VAMOS MANTER O ISOLAMENTO

Vamos manter o isolamento, lavar sempre as mãos com água e sabão, higienizar com álcool gel, evitar aglomerações, somente sair de casa quando for estritamente necessário, não vamos esperar apenas pelas medidas do governo, cada um tem de dar a sua colaboração nesta hora.

O QUE DELES SE ESPERAVA

O governador Gladson Cameli e a prefeita Socorro Neri têm tomado todas as medidas que se fizeram necessárias. Não vamos encarar o Covid-19 como uma “gripezinha”, matou milhares.

SÓ TENHO A LAMENTAR

Quando vejo pessoas nas redes sociais atacando e desejando mal a adversários políticos que foram contaminados pelo Covid-19, só tenho a lamentar a contaminação dos que assim agem, pelo ódio. A contaminação pelo ódio é muito pior, porque fere a alma. É hora de humanização.

REDE DA MALDADE

Vamos deixar de espalhar notícias falsas nas redes sociais, isso só aumenta o clima de tensão.

LOTERIA

Nestes tempos em que era para se ter muita solidariedade ficar se apostando quem foi e quem não foi atingido pelo coronavírus, é uma loteria da maldade. Pessoal, é hora de uma rede de solidariedade total.

CONTRIBUIÇÃO

A classe política daria uma aula de solidariedade se abrisse mão dos bilhões do Fundo Partidário e do Fundo Eleitoral, para serem aplicados na área da saúde. Mas é difícil terem este desprendimento, preferem ao invés travar uma guerra surda contra o presidente Bolsonaro.

COMO SE FOSSE RESOLVER

Tramar para desgastar o presidente Bolsonaro, não vai acabar com a pandemia do Covid-19.

SEGUIDO Á RISCA

O secretário de Saúde, Alysson Bestene, tem se saído muito bem no comando da pasta e seguido à risca as recomendações do Ministério da Saúde, que por sua vez está perfeito.

SÓ BASTIDORES

A política deu uma pausa no debate público, mas continua ativa nos bastidores, com conversas sobre as alianças para a eleição municipal e sobre lançamentos de candidatos surpresas.

INDICA O VICE

Perguntado quem será o vice da sua chapa, o prefeito de Epitaciolândia, Tião Flores, foi enfático: – “quem vai escolher o nome será o governador Gladson, ele é quem dirá.”

BEM POSICIONADO

Números que me foram mostrados apontam Rodrigo Damasceno bem posicionado para a prefeitura de Tarauacá. Mas não significa muito, porque a campanha está longe de começar. O PROGRESSISTAS dá como certa sua filiação. Rodrigo até aqui tem se mantido mudo a respeito. 

CANDIDATO MAIS JOVEM

Caso o PDT do deputado Luiz Tchê (PDT) confirme a candidatura do Jeferson Barroso a prefeito da capital, entre os nomes até aqui conhecidos será o mais jovem. O PDT apostará no futuro.

DE ONDE SAIRÁ A GRANA?

O deputado Roberto Duarte (MDB) quer que o governo dê mil reais a cada autônomo. Seria bom se a Secretaria da Fazenda tivesse esta grana, mas pelo que sei não tem caixa para isso. E no campo financeiro é tudo muito pragmático; não se opera milagres, é tem ou não tem

ÚNICA A SE POSICIONAR

A única dos políticos do Acre a se posicionar publicamente a favor da liberação do Fundo Eleitoral, para o valor ser aplicado no combate ao Covid-19 pela Saúde foi a senadora Mailza Gomes (PROGRESSISTAS). Aliás, a Mailza tem cumprido seu primeiro mandato a contento.  

FRASE MARCANTE

“Quem só conhece o martelo sai pelo mundo e só enxerga o prego”. Abraham Maslow.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas