Conecte-se agora

Servidores da Emurb estão com medo de voltar ao trabalho

Publicado

em

Os prestadores de serviço da Empresa Municipal de Urbanização (EMURB) estão na bronca com a direção do órgão. É que apesar do governo do estado decretar que apenas serviços essenciais devam continua em funcionamento, os servidores receberam um comunicado da empresa afirmando que o trabalho continua normalmente nesta semana que se inicia.

O comunicado avisa de algumas mudanças na rotina, mas os prestadores de serviço, com medo, acham insuficientes.

“Tá todo mundo com medo, sem querer ir trabalhar. Só que a gente precisa do emprego. O que a gente não entende é que se o governo disse que só o que é de primeiro necessidade não pode fechar, como é que vamos continuar no trecho?”.

O prestador de serviço, que prefere não ser identificado, diz que muitos estão no grupo de risco. “Eu sou hipertenso. Se pegar um negócio desses, tô lascado. O engraçado é que eles dizem pra gente não ir para a sede por que não querem aglomeração, mas no caminhão que vai levar a gente para o trecho podemos ficar aglomerados?”.

Leia o comunicado distribuído pela Emurb aos prestadores de serviço:

Pessoal bom dia

Informamos que nosso trabalho continuará durante essa semana conforme decreto nº 200 expedido pela prefeitura de Rio Branco.

No entanto vamos a algumas mudanças:

1) A partir de amanhã TODAS as equipes deverão ir diretamente para o trecho sem passar pelo distrito. Após chegarem no trecho, o encarregado deverá enviar ao distrito o carga seca com 01 auxiliar e o apontador para buscar o necessário (café da manhã, água, gelo etc), evitando assim aglomerações no distrito;

2) O carga seca continuará fazendo a rota de ida e volta;

3) Informem aos caçambeiros para evitar aglomeração na usina, de preferência cada um no seu caminhão ou se manter em algum local arejado sem aglomerações;

4) Está permanentemente PROIBIDO realizar horas extras, ou seja, programem-se dentro do horário de trabalho para finalizar os serviços sem ultrapassar o horário de trabalho (17hrs);

5) Qualquer servidor ou prestador de serviço que vier de fora do estado ficará 15 dias em quarentena domiciliar.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas