Conecte-se agora

Duarte propõe a Gladson que governo faça doação de R$ 1.000,00 para cada autônomo do Acre

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE/AC24HORAS.COM

Com o decreto de calamidade pública que impôs o isolamento social para todos os acreanos e também com as empresas sendo obrigadas a fechar as portas para evitar aglomeração e consequentemente a transmissão do Coronavírus (Covid-19) em solo acreano, o deputado Roberto Duarte (MDB) usou as suas redes sociais na manhã desta segunda-feira, 23, para propor que o governador Gladson Cameli que o Estado libere um percentual do orçamento para doar a todo trabalhador autônomo R$ 1.000,00 no mês de abril.

O parlamentar emedebista sugere ainda que caso seja necessário, o Chefe do Palácio Rio Branco poderia pedir autorização da Assembleia Legislativa. “Tenho certeza absoluta de que terá o apoio de todos os parlamentares estaduais”, frisou Duarte.

O deputado usou como argumento que o país e o Acre vive a maior crise da história com um um fato atípico, onde um vírus está sendo capaz “de colocar o mundo de joelhos”.

“Enquanto passamos por esse momento tão difícil, não podemos esquecer dos mais necessitados. Apesar de todos estarem preocupados, nós, servidores públicos, receberemos nosso salário em dia. Nossos amigos empresários, mesmo com as mãos na cabeça, cheios de preocupações, terão condições de se alimentar, mesmo sabendo que seus negócios estarão bastante comprometidos. O isolamento social, agora determinado pelo decreto governamental acreano, irá reduzir muito a exposição da população ao coronavírus. No entanto, isso deverá dizimar nossa economia em curto prazo de tempo”, argumentou o deputado.

Duarte pede que autoridades pensem nos autônomos, nos pequenos empreendedores e nos prestadores de serviços em geral: pedreiros, carpinteiros, eletricistas, taxistas, mototaxistas, motoristas de aplicativos, camelôs, representantes comerciais, lavadeiras, passadeiras, diaristas, encanadores, dentre tantas outras ocupações importantes em nossa sociedade.

“Essas pessoas não têm nenhum tipo de proteção direta do Estado, embora ajudem a manter o Governo e os servidores públicos como eu. Elas pagam muito imposto toda vez que vão aos supermercados, farmácias, pagam suas parcelas de automóveis e motocicletas, ou de qualquer produto que adquiram. Essa parcela da nossa população deve estar beirando o desespero, pois não pode mais desenvolver suas atividades, uma vez que o decreto governamental determinou o fechamento de muitos estabelecimentos e já entendemos que o isolamento social é a melhor maneira de evitar a proliferação do vírus.

Precisamos destacar que existem formas de repor o mínimo de dignidade a essas pessoas neste momento de crise”, explicou Duarte.

O deputado destaque que uma vez que o Governo proíbe de trabalhar, é justo que apresente estratégias para manter o sustento desta parcela da população. Mesmo que seja o mínimo, neste primeiro momento, para que possam se alimentar, comprar os remédios, pagar contas de energia, água e outras. “Faço aqui o apelo para que nosso Governador Gladson Cameli que, graças a Deus, não estará preocupado em como comprar comida para sua família, olhe com um carinho especial para essa gente trabalhadora e importante peça da engrenagem que move a máquina do nosso Estado. Temos certeza de que nosso Governador é humano e se preocupa com o povo, especialmente com os mais humildes; por isso, se esforçará para ajudar os mais necessitados e vulneráveis”, pediu.

Anúncios

Acre

Acre tem o pior mês de outubro em queimadas desde 1998

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale

Desde o início da série histórica (1998) do total de focos ativos detectados pelo satélite de referência (AQUA Tarde) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Acre não tinha um mês de outubro com um volume de focos de queimadas tão intenso quanto em 2020.

De 1º a 18 de outubro deste ano, foram registrados 1.478 focos de queimadas no Acre, superando o total de todo o mês de outubro de 2017, quando o estado teve 1.350 focos detectados, a maior marca até então. No ano passado, outubro registrou apenas 354 ocorrências de queimadas.

Em todo o período deste ano, de 1º de janeiro a 19 de outubro, o Acre acumula 8.879 focos de queimadas, 32% a mais do que o registrado no ano passado – 6.706 focos. O número de queimadas para esse período em 2020 já o terceiro maior desde 1998, quando foi iniciada a série histórica.

Os municípios acreanos com maior número de queimadas em outubro deste ano são: Xapuri (304),Brasiléia (246), Sena Madureira (198), Rio Branco (132) e Epitaciolândia (114). No ano, Feijó (1.546), Sena Madureira (1.067), Tarauacá (1.010), Xapuri (719) e Rio Branco (706) são os campeões do fogo.

Com 402 focos de queimadas registrados apenas em outubro, o que representa 87% do total de todas as outras unidades de conservação federais no Acre, a Resex Chico Mendes chegou a 1.069 focos de queimadas detectados entre janeiro e outubro deste ano – 67% do total das demais UC’s no estado.

Continuar lendo

Acre

Soster questiona prefeitura ao apontar falta de médico em UBS

Publicado

em

O empresário do ramo de construção de rodovias, pavimentação asfáltica e candidato à prefeitura de Rio Branco pelo Avante, Jarbas Soster, voltou a criticar a falta de atenção da atual gestão municipal da capital acreana em relação às unidades de saúde que ficam sob a responsabilidade do município.

Nas redes, Jarbas mostrou o caso da Unidade Básica de Saúde (UBS) localizada no bairro Belo Jardim, que estaria sem médico, segundo moradores.

“Saúde da prefeitura, cadê você????De quem é a responsabilidade por este abandono????Não tem médico, segundo moradores. Belo Jardim. #aquinaotemsocorro”, afirmou.

Continuar lendo

Acre

Pelo terceiro dia seguido, Acre não tem mortes por Covid-19

Publicado

em

Pela primeira vez desde o início da pandemia, o Acre não registra mortes pela Covid-19 por três dias seguidos. A informação está no boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) na tarde desta segunda-feira, dia 19. Até agora, 679 pessoas morreram vítima da pandemia no Acre.

Em relação aos novos casos, o boletim registra 47 novos casos de contaminação. O número total chega a 29.765 pessoas infectadas.

Até o momento, o Acre registra 77.919 notificações de contaminação pela doença, sendo que 48.153 casos foram descartados, enquanto 1 amostra de RT-PCR está em análise. Pelo menos 27.732 pessoas já receberam alta médica da doença e 63 seguem hospitalizadas.

Continuar lendo

Acre

Propaganda ilegal é recorde de denúncias na 9ª Zona Eleitoral

Publicado

em

O novo juiz eleitoral de Rio Branco, Robson Aleixo, disse nesta segunda-feira, 19, que as denúncias mais comuns que chegam à 9ª Zona Eleitoral têm sido atos de propaganda irregular na campanha.

“Temos várias representações por propaganda irregular”, informou Aleixo ao ac24horas. À tarde, ele prepara um levantamento das denúncias até agora protocoladas na Justiça Eleitoral.

Aleixo ocupa a vaga deixada pelo colega Giordane Dourado, afastado da 9ª Zona Eleitoral a partir de uma ação do Ministério Público. Dourado é casado com assessora do candidato a prefeito de Rio Branco pelo MDB, Roberto Duarte. O MP viu que será complicado para o juiz decidir sem suspeições nesta campanha.

Aleixo já foi defensor público da União e agente da Polícia Federal antes de ser juiz no Acre.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas