Conecte-se agora

Decreto permite vários estabelecimentos funcionando no Estado do Acre; confira quais

Publicado

em

É sempre bom lembrar que o decreto de calamidade pública editado pelo governador Gladson Cameli é muito restritivo para evitar o Coronavírus, mas há estabelecimentos comerciais que não são afetados.

São os estabelecimentos médicos, hospitalares, laboratórios de análises, farmácias, farmácias de manipulação, clínicas psicológicas, de fisioterapia e vacinação, além dos serviços de delivery de alimentação e medicamentos.

Quanto às empresas de primeira necessidade à população, como distribuidoras, revendedoras ou indústrias de alimentos, medicamentos ou produtos de limpeza e higiene, água, gás, postos de combustíveis, padarias, conveniências, supermercados, mercearias, minibox e congêneres deverão manter suas atividades normais, tomando os cuidados necessários.

A exigência é que mantenham as intensificações de limpeza e higienização, com disponibilização de álcool em gel aos clientes e funcionários.

É bom também estar atento às regras: o descumprimento das medidas acarretará na responsabilização nos termos da legislação aplicável. Só na manhã deste sábado (21) a Polícia Militar fechou duas lojas por imposição em Rio Branco.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas