Conecte-se agora

Governador anuncia antecipação do pagamento dos servidores

Publicado

em

FOTO; ODAIR LEAL

O governador Gladson Cameli anunciou na tarde desta quinta-feira, 19, a antecipação do pagamento do salário dos servidores públicos estaduais. A medida está relacionada a uma série de ações que estão sendo adotadas devido à pandemia do novo coronavírus. A decisão foi tomada durante reunião na Secretaria da Casa Civil que contou com a participação de representantes da Caixa Econômica Federal, do Banco do Brasil e do governo do Estado.

As Secretarias de Planejamento e Gestão (Seplag) e de Fazenda (Sefaz) irão definir um cronograma de pagamento que terá início no dia 25 de março e será encerrado no dia 31. Por determinação do governador, os servidores da saúde serão os primeiros a receber. “Reconhecemos a importância dessas pessoas que estão na linha de frente. Têm deixado suas famílias para prestar serviços que possam minimizar a crise que o mundo está enfrentando diante desta doença”.

O escalonamento do pagamento também irá permitir que os servidores, que precisem ir às agências bancárias, possam procurar atendimento de forma parcelada evitando a aglomeração de pessoas.

“A medida é primordial para cumprimento do decreto governamental, possibilitando a diminuição de aglomerações. Estamos atentos à evolução da pandemia e tomaremos novas medidas que entendermos necessárias para atender nossos servidores”, destacou o secretário de Planejamento e Gestão, Ricardo Brandão.

Durante o encontro, os representantes das instituições bancárias apresentaram ao governador as medidas de contingenciamento dos atendimentos que estão sendo adotadas pelos bancos. Foi reforçada a importância da população dar preferência aos canais digitais para evitar aglomerações.

“Nossa maior dificuldade é continuar prestando atendimento e evitar o acúmulo de pessoas. Os nossos canais digitais que são o aplicativo, plataforma na internet, utilização do gerenciadores financeiros, telefone e chats, estão disponíveis para garantir o atendimento. Pedimos que a população procure as agências bancárias somente se for por um serviço extremamente necessário e que não possa ser postergado”, detalhou o superintendente do Banco do Brasil no Acre, Márcio Carioca.

O governador reforçou se tratar de um momento delicado e abriu diálogo para reforçar o pedido de suspensão, por até 180 dias, do pagamento dos empréstimos consignados realizados pelos servidores públicos. Para aderir ao prazo de carência oferecido pelas instituições bancárias, os interessados devem entrar em contato, especialmente, pelos canais digitais e solicitar a suspensão.

A medida vale apenas para os empréstimos que estão sendo pagos em dia. A iniciativa conjunta está sendo proposta ao Banco do Brasil e Econômica Federal, dentre outros bancos.

“Conforme já constatado pelas autoridades em saúde brasileiras e internacionais, a única forma de restringir a disseminação do vírus é através de medidas que inevitavelmente desaceleram as atividades econômicas, como a redução das interações sociais e o fechamento de estabelecimentos comerciais e industriais, o que causará grandes perdas à receita do Estado e à renda das empresas e dos trabalhadores”, explica o governador.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas