Conecte-se agora

Coronavírus: prefeito de Marechal Thaumaturgo quer PF e Exército na fronteira com o Peru

Publicado

em

O prefeito de Marechal Thaumaturgo, Isaac Piyãko, vai solicitar ao Exército e Polícia Federal que atuem no Posto do Rio Breu, acima do município, na fronteira com o Peru, coibindo a entrada de pessoas como forma de evitar que o coronavírus chegue à cidade.

“O Exército tem uma unidade aqui na cidade, mas queremos mais atenção na fronteira onde tem movimentação. Nós aqui não temos estrutura de contenção e tratamento da doença, então só podemos atuar na prevenção ao coronavírus”, disse.

Piyãko publicou Decreto suspendendo as aulas e liberou servidores acima de 60 anos do trabalho. Outra medida de proteção do prefeito, que é da etnia Ashaninka e irmão de Benki Piyãko, foi barrar o acesso de turistas brasileiros na Escola Yorenka e na Terra Indígena no Rio.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas