Conecte-se agora

AMEACRE pedem que fiéis não compartilhem informações falsas

Publicado

em

A Associação dos Ministros Evangélicos do Acre (AMEACRE) divulgou uma recomendação nesta quinta-feira, 19, visando o enfrentamento, contenção e prevenção do Coronavírus dentro das igrejas do Estado. Assinado pelo presidente, pastor Paulo Machado, o documento recomenda que todos os fiéis não compartilhem em redes sociais informações falsas ou causadores de pânico. “Pois estas além de proibidas biblicamente, dificultam às autoridades públicas e sanitárias o combate, controle e erradicação da doença”, frisa trecho da recomendação.

O documento ainda defende que as igrejas observem as normas de prevenção expedidas pelo Ministério da Saúde e redobrem os cuidados com a higiene e limpeza, facilitando o acesso a álcool em gel, dentre outros, em seus ambientes.

“Atentar, na ministração das liturgias, para práticas que evitem o contágio próprio ou de fiéis, ou a fácil disseminação do vírus Covid 19; Evitar o uso de vasilhames e utensílios compartilháveis; Recomendar que as pessoas com os sintomas (gripes e resfriados) ou grupos vulneráveis descritos nas normas sanitárias do Ministério da Saúde, permaneçam em suas casas pelo prazo recomendado pelas autoridades sanitárias; desaconselhar aglomeração superior a 100 pessoas no mesmo ambiente; Evitar a realização de grandes eventos ou festividades até recomendando redesignação de eventuais encontros já agendados; Reduzir o tempo de duração dos cultos e ofícios da igreja a no máximo 1 hora e 30 minutos; Evitar o ajuntamento de membros para ensaios nas dependências do templo; Manter o arejamento e a boa ventilação dos locais de cultos”, pontua o documento.

A associação incentiva ainda a transmissão dos cultos onlines pelas redes sociais, seguindo o entendimento da Igreja Batista do Bosque.

 

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas