Conecte-se agora

Que vá às favas a politicagem barata 

Publicado

em

FOTO: SECOM

Que vá às favas a politicagem barata nestes tempos perigosos do coronavírus. Por isso, é de se exaltar a afinação de iniciativas entre o governador Gladson Cameli e a prefeita Socorro Neri, de campos políticos diferentes, no combate a esta pandemia que colocou de joelhos as nações mais poderosas do mundo. Todas as medidas preventivas tomadas, especialmente as que limitam aglomerações, só vão atingir a sua funcionalidade plena se houver a colaboração de toda a população, principalmente, dos idosos que estão no grupo de risco. A tendência natural é o de aumentar o número de casos, não existe medicamento que possa reduzir a proliferação do contágio, além do que ficar em casa e somente sair às ruas na busca do extremamente necessário. A posição do presidente da ALEAC, Nicolau Junior (PROGRESSISTAS), em suspender as sessões legislativas também se somou ao pacote de medidas contra o Covid-19. Registre-se também a decisão do Pastor da IBB, Agostinho Gonçalves, de suspender os cultos presenciais. Se cada um fizer a sua parte poderá se promover um enfrentamento de sucesso contra esta terrível pandemia. E que Deus nos proteja neste momento difícil da humanidade. Oremos!

A SER PENSADO

Há um ponto a ser pensado: como a grande parcela pobre da população que mal tem o dinheiro para comprar o leite, conseguirá ter o acesso às máscaras e ao álcool gel?

FALTA DE RESPEITO

Será uma falta de respeito da Federação de Futebol do Acre caso não venha suspender o campeonato acreano, ainda que sempre tenha público restrito, ou que continue sem público, porque coloca em risco os atletas. Não há idade para ser atingido pelo coronavírus.

MEDIDA INOPORTUNA

A mesa da Câmara Municipal de Rio Branco veio na contramão deste enfrentamento ao manter as suas sessões, ainda que sem a presença de público. Colocam em risco os funcionários e os próprios vereadores. Ainda é tempo de rever este ato fanfarrão.

É O QUE SE ESPERA

Por estarem expostos á saliva os dentistas ficam na linha de frente de um contágio pelo coronavírus. O Estado limitou os atendimentos odontológicos ás urgências. Espera-e que a prefeita Socorro Neri também adote a decisão na PMRB, ou vai causar revolta na categoria.

NÃO CONSEGUE SE CONTER

Nem neste momento delicado o deputado Roberto Duarte (MDB) consegue se conter nos ataques ao governador Gladson Cameli, como o feito ontem na ALEAC devido ao ato dispensa de licitação, que é justamente para quebrar a burocracia na compra de insumos para a Saúde.

ÓDIO POLÍTICO

O deputado Roberto Duarte (MDB) deveria dar um tempo neste ódio político que tem do Gladson e do seu governo. Que recolha pelo menos neste momento delicado esta sua ira.

OUTRO LADO

Mas do outro lado da moeda o deputado Roberto Duarte (MDB) está certo na sua preocupação pelo Estado ter só 38 leitos de UTI, insuficientes para cobrir a demanda da capital, quanto mais do interior nesta pandemia. O governo deve focar nesta deficiência.

FIM DE REINADO

O deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS) aguarda a indicação do novo líder do governo na ALEAC para passar o posto, que exerceu com competência. O mais cotado para lhe suceder na função é o deputado Marcos Cavalcante (PTB), bom orador, mas sem trânsito na imprensa.

NOTA DE RODRIGUES ALVES

Esta veio de um leitor da coluna em Rodrigues Alves, onde segundo ele o prefeito Sebastião Correia (MDB) vai para a reeleição desgastado e alta impopularidade por governar sozinho.

VAI DE JAILSON

O PROS do ex-prefeito Francisco Deda terá como candidato a prefeito de Rodrigues Alves o professor Jailson Amorim – atual vice-prefeito pelo PSD – em oposição à atual administração.

CONSTRUÇÃO INTERESSANTE

Mas ainda sobre a disputa da prefeitura de Rodrigues Alves há uma construção interessante em torno da pré-candidatura do professor Ralph Luis Fernandes a prefeito, pelo PSDB. Ralph é o idealizador e está à frente do movimento pró-ponte, uma luta para tirar os moradores do município da dependência de balsas na travessia do rio Juruá para o município. Seria o novo. 

OUTRO TEMPO

O Francimar Fernandes foi um campeão de votos quando disputou a prefeitura de Feijó pelo PT. Era imbatível. Mas isso foi num passado distante, a realidade eleitoral do município é outra bem diferente. Filiado no MDB, o aposentado cacique enfrentará outro tempo na aldeia.

NÃO ENTRA COMO FAVORITO

Diferente de quando disputou a prefeitura de Feijó pelo PT, não entrará agora como favorito.

PERDERAM AS MORDOMIAS

Essa grita do Congresso Nacional contra o presidente Bolsonaro, bem antes da crise do coronavírus, é explicável: em governos passados loteava os cargos federais, ministérios, entre os afilhados, e no governo do Bolsonaro, este cordão umbilical do favorecimento foi cortado

MIRADA PELO MDB

Quem andou sendo mirada pelo MDB para disputar a prefeitura de Senador Guiomard foi a ex-prefeita Branca Menezes, que hoje se encontra filiada ao PSDB. Quem quiser mudar de partido terá até o próximo dia 4 de abril para efetuar a nova filiação.

REFORÇAR A PREOCUPAÇÃO

O deputado Daniel Zen (PT) fez um colocação plausível sobre as medidas a serem adotadas pelas autoridades, no combate ao coronavírus: reforçar a preocupação com a pandemia, não criar pânico, mas ter em conta que o momento é o de tomar sérias medidas sanitárias.

MEDIDAS EXTREMAS

O Zen tem razão, temos que estar preparados , aumentando o número de respiradores e se for o caso apelar ao Exército para a instalação de hospitais de campanha para isolar os doentes.

FALTOU LEVAR O TRATOR

O deputado Luiz Tchê (PDT) foi contaminado pelo furor dos irmãos Cid e Ciro Gomes. Fez ontem um furioso discurso contra o Bolsonaro, só faltou o trator para ficar mais a caráter do Cid.

NÃO DÁ PARA APROVAR

O presidente Jair Bolsonaro tem sido um desastre na condução das providências contra a pandemia do coronavírus, o senador Sérgio Petecão (PSD) tem razão ao dizer que ajudaria mais nesta crise se mantivesse a boca fechada. Não é momento para bravatas.

QUEBRADEIRA VAI AUMENTAR

A quebradeira do empresariado que vem do governo passado, vai aumentar com a pandemia do coronavírus, porque desta feita não atingirá só as grandes empresas, também, as pequenas.

NÃO CUSTA REFORÇAR

Não custa nada reforçar os cuidados de lavar bem as mãos com sabão ou álcool gel, evitar aglomerações, manter se possível o maior tempo em isolamento social, como prevenção ao coronavírus. Não adianta as autoridades tomarem medidas se a população não fizer sua parte.

FALTA DEFINIR O PARTIDO

O movimento puxado pelo PCdoB contra a gestão desastrada da prefeita Marilete Vitorino (PSD) deverá vir para a disputa da prefeitura com o ex-prefeito Rodrigo Damasceno, não se sabe se pelo PROGRESSISTAS ou pelo PSDB.

ESPERTEZA COME O DONO

O prefeito Romualdo do Bujari tinha uma legenda garantida no PCdoB para disputar a reeleição, caiu na arapuca de vir para o PROGRESSISTAS e está tendo sérias dificuldades de ser aceito dentro do novo diretório municipal e pode acabar sem legenda para tentar ser reeleito.

MUITO SIMPLES

A PM está sendo criticada por sua ação de vigilância na UFAC, até pela instituição através das suas representações. Muito simples de resolver o problema: não mandar mais os policiais.

DECRETO BAIXADO

O governador Gladson Cameli baixou decreto determinando que todos os policiais militares que estão à disposição de outros órgãos se apresentem no comando da PM, num prazo de 30 dias. É um efetivo grande e que prestaria melhor serviço à população trabalhando nas ruas.

FRASE MARCANTE

“Quando o gato e o rato e unem, o dono do armazém vai para a falência”. Ditado iraniano.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas