Conecte-se agora

Diocese de Cruzeiro do Sul mantém missas e diz que coronavírus não é transmitido só em escolas e igrejas

Publicado

em

A Diocese de Cruzeiro do Sul, cidade que tem como símbolo a Catedral Nossa Senhora da Glória, manteve a celebração de missas com fiéis em suas paróquias.

A decisão de Dom Flávio Giovanale foi anunciada nesta terça-feira, 18, por meio de um comunicado que recomenda igrejas abertas sem o uso de ar condicionado, celebrações sem abraço de paz, a comunhão sempre nas mãos e proibição do uso do incenso.

O religioso lembra que não adianta fechar escolas e igrejas e deixar abertos bares, bancos, lotéricas é o comércio. Cita a obediência as leis mas cita que o coronavírus não é transmitido apenas em escolas e igrejas.  “Obedecer às determinações das autoridades competentes das Prefeituras e dos Estados do Acre e Amazonas, tanto do poder Executivo como Judiciário. Ter o cuidado de que não sejam proibidas só as atividades escolares e de culto, e deixados como estão os bancos, as lotéricas, os bares e o comércio: o vírus não se transmite só em escolas e igrejas”.

O bispo cita que caso seja necessário e possível, sejam revistas as atividades já programadas, especialmente as que gerariam grandes aglomerações de fiéis como procissões, novenários e congressos.

Algumas atividades poderão ser suspensas, outras adiadas e outras mantidas, dependendo da situação do município. Para tomar estas decisões, o bispo recomenda que os párocos e seus conselhos mantenham o diálogo com as autoridades locais competentes.

As igrejas deverão manter as portas abertas para o caso dos fiéis quererem ir aos locais fora do horário de missa para evitar aglomerações.

Dom Flávio ressalta que “se fiel que está fraco ou com algum sintoma referente à doença, fique em casa e acompanhe as missas pelos meios de comunicação”.

Segue afirmando que dentro do clima da Campanha da Fraternidade, é essencial ter cuidado especial com os idosos, doentes e outras pessoas mais vulneráveis. Adotar as medidas preventivas, mas manter a visita dos Ministros Extraordinários da Comunhão e dos Padres a idosos e doentes.

Ainda de acordo com o comunicado, os fiéis devem ficar atentos para não espalhar notícias falsas: seguir o que diz o Ministério da Saúde, para não criar pânico ou divulgar “receitas” falsas de cura do Covid-19.

Por fim o bispo diz que “vamos fazer nossa parte para que o vírus seja freado e vencido. Mudando a situação, se for necessário, iremos dar outras orientações ou determinações. Este vírus está mostrando ao mundo que “tudo está interligado”. O mal avança, mas a nossa solidariedade, alicerçada em cristo, vai vencer. Feliz Quaresma e ótima Páscoa de vitória!”.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas