Conecte-se agora

Prefeituras no Alto Acre suspendem aulas e publicam decretos com medidas ao coronavírus

Publicado

em

Em conformidade com o Ministério da Saúde, governo do estado e demais municípios acreanos, o prefeito de Xapuri, Ubiracy Vasconcelos (PT), baixou decreto na tarde desta terça-feira, 17, declarando situação anormal, caracterizada como emergência, com medidas preventivas, de caráter temporário, para o enfrentamento à pandemia de Covid-19 (coronavírus) declarada pela Organização Mundial de Saúde.

Após assinar o decreto, o prefeito fez um pronunciamento por meio do Facebook, onde explicou as medidas e anunciou a suspensão das aulas na rede municipal de ensino pelo período inicial de 15 dias, além do cancelamento de todas as atividades relativas às comemorações do 116 anos de fundação da cidade, que ocorreria no próximo dia 22 de março.

O gestor também determinou que os serviços de atendimento ao público ocorram, a partir desta quarta-feira, 18, apenas no período da manhã, mas solicitou que as pessoas procurem pelo atendimento presencial apenas nos casos de extrema necessidade. Ubiracy Vasconcelos também determinou a proibição de eventos de qualquer natureza com público superior a 50 pessoas.

No pronunciamento, o prefeito pediu o apoio e a compreensão da população para as medidas tomadas “por mais que elas pareçam, a princípio, antipáticas ou exageradas, pois todos os dados demonstram que todos esses cuidados são necessários para que a gente consiga atravessar esse momento difícil não só para os xapurienses, acreanos e brasileiros, mas para a humanidade”.

“Peço que a gente se una em oração, pedindo a Deus que essa fase ruim passe e que a gente consiga enfrentar essa doença que parece um pesadelo, um filme de ficção, mas que é real. Então, vamos enfrentar unidos, cada um na sua religião, na sua casa e na sua forma, sem aglomerações e o menor contato possível com outras pessoas”, pediu o prefeito.

Brasiléia

Em Brasiléia, a prefeita Fernanda Hassem tornou públicas as medidas tomadas por meio da convocação de uma coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira, 17. Entre as ações, a gestora anunciou a criação de um comitê de acompanhamento e prevenção à doença, composto por secretários e coordenado por seu gabinete.

Estão proibidas as reuniões com mais de 25 pessoas e as aulas da rede municipal de ensino foram suspensas até o dia 31 de março. Servidores com mais de 60 anos e portadores de doenças crônicas poderão realizar trabalho de casa. As viagens e deslocamentos de servidores só são autorizados em casos excepcionais.

Na entrevista coletiva, a prefeita também pediu união entre os munícipes e administração municipal para que todas as medidas sejam seguidas com rigor para a prevenção da disseminação da doença. Ela advertiu que a suspensão das aulas e a redução do atendimento no serviço público tem o objetivo de que as pessoas fiquem em casa tomando as medidas pessoais de prevenção.

“Esse é o momento em que a sociedade civil precisa dar as mãos e em que todos nós precisamos nos unir para que a gente não permita que essa doença, que esse vírus, chegue aqui e se alastre de forma que o serviço público e a prefeitura não tomem nenhuma ação. Então, todas as ações que estão ao alcance do município, nós tomaremos”, disse Fernanda Hassem.

Epitaciolândia

O secretário de Educação de Epitaciolândia, Cleomar Portela Eduíno, publicou nota no começo da noite desta terça-feira, 18, comunicando a suspensão das aulas também naquele município. O comunicado diz que o recesso preventivo durará até o dia 3 de abril, uma sexta-feira, com o retorno às aulas na segunda-feira, dia 4.

Assis Brasil

A prefeitura de Assis Brasil reuniu, na tarde desta terça-feira, 17, secretários, profissionais de saúde, equipe de educação municipal e estadual, para tomar as medidas necessárias de segurança relacionadas ao COVID-19 (coronavírus).

No encontro, ficou decidida a suspensão das aulas, nas zonas urbana e rural, a partir desta quarta-feira, 18, até o dia 3 de abril, sexta-feira, sendo as aulas retomadas na segunda-feira, 6 de abril, se a situação estiver propícia ao retorno dos alunos. Como forma de orientação, os professores e equipes, estarão nas escolas, na manhã desta quarta-feira, prestando informações sobre a suspensão das aulas a pais e alunos.

“A medida protetiva a Covid-19 é responsabilidade social e a orientação é de que durante esse período os alunos permaneçam em suas casas e evitem aglomerações, adotando o isolamento. Quando for necessário sair de suas casas, devem ser tomados os cuidados de lavar bem as mãos, usar álcool em gel, além de evitar visitas a idosos, pessoas com pressão alta, diabetes e crianças”, diz a prefeitura por meio de seu portal de informações.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas