Conecte-se agora

E se…

Publicado

em

Praticamente os principais partidos que compõem a base de sustentação do governo já lançaram seus nomes para disputar a prefeitura de Rio Branco, que é maior colégio eleitoral do estado. A exceção, pode se dizer, é o PSD do senador Sérgio Petecão que não terá candidato na capital. Mas, e se o governador Gladson Cameli (Progressistas) resolver lançar ou apoiar alguém, como ficam os cargos comissionados entregues aos partidos que disputarão a eleição? Ele irá permitir, por exemplo, que dentro do governo alguém vá apoiar o deputado Roberto Duarte? Ou a deputada federal Vanda Milani, do Solidariedade? Ou qualquer outro candidato? (Perguntar não ofende). O PSDB pode ser considerado um caso à parte, já que é o partido do vice-governador major Rocha que tem seu próprio espaço na máquina pública. Pois lhe digo moço, o que ouvi dentro do governo: Se o governador lançar um candidato a prefeito ou apoiar alguém poderá haver dois tipos de festivais: exonerações ou traições! Esperar para ver!

“No final de contas, o valor de um Estado é o valor dos indivíduos que o compõem”. (John Stuart Mill)

. Com a decisão do deputado Gerlen Diniz (Progressista) de deixar a liderança do governo para disputar a prefeitura de Sena Madureira, o melhor nome para sucedê-lo na função de líder seria o do deputado Marcos Cavalcante.

. Marcos é leal ao projeto, ao governador Gladson Cameli, tem um bom discurso e sabe dialogar quando necessário com a oposição.

. Também é bem visto pela equipe de governo.

. Com a chegada do processo eleitoral a tendência é que os debates esfriem na Assembleia Legislativa.

. Sempre existe um cheiro de conspiração no ar…

. Até tu, Brutus?!

. Mágoas ocupam as regiões abissais da alma!

. A luz não penetra!

. A notícia mais doida que vi desde o início do ano era de que a ex-deputada federal Antônia Lúcia (PL) seria vice do Minoru Kimpara (PSDB).

. Mais fácil o Lhé abraçar e beijar a bandeira de Israel.

. O delegado Sérgio Lopes deverá ser o próximo prefeito de Epitaciolândia, os números falam por si só.

. O deputado José Bestene faz de conta que é candidato a prefeito pelo Progressista e o governador Gladson Cameli faz de conta que apoia.

. Na verdade, Gladson está dizendo claramente:

. “Quem parir o Matheus vai ter que embalar”.

. Na política é assim:

. Fez 99% e não fez os 100% não serviu de nada!

. Fosse a ex-deputada Leila Galvão teria saído do PT no dia da eleição, às 21h; dignidade não tem preço.

. Tem duas coisas que o PT não pode reclamar do MDB:

. De traição e corrupção!

. Quanto a Leila disputar eleição esse ano, é um problema de foro íntimo, dela e do Nelsinho.

. Tem deputado babando para ocupar uma vaga no TCE; ata a rede, vai demorar, a próxima já tem dono.

. “Vice”, como dizem os Paraibanos!

. Aliás, Rio Branco está se mudando para a Paraíba!

. Quem não tem cão, caça como gato; for caçar com gato foi morrer de fome.

. Um bom dia ao pessoal da Ronsy, em Epitaciolândia, leitores assíduos da coluna!

. Obrigado, bom dia!

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas