Conecte-se agora

Pesquisador quer coletar 30 mil assinaturas pela inversão das cores na Bandeira do Acre

Publicado

em

O pesquisador José Wilson Aguiar estará na próxima terça-feira (17) no hall de entrada da Assembleia Legislativa do Acre coletando assinaturas para pressionar deputados e autoridades a procederem a inversão das cores na Bandeira do Estado do Acre.

A meta é a adesão de 30 mil pessoas, as quais darão base a um projeto legislativo.

A parte amarela, segundo ele, deve ficar embaixo junto com a estrela vermelha. O verde fica acima. Há tempos Aguiar trava essa batalha mas as autoridades não se manifestam interessadas na mudança.

“Já tenho todos os termos jurídicos para tal feito pelo TRE do Acre. Quem vai me apoiar é a Academia Acreana de Letras e juntos vamos acabar com essa situação vergonhosa de ver a Bandeira do Estado do Acre de cabeça para baixo”, disse Aguiar.

De acordo com o historiador, quem desenhou a bandeira foi o coronel baiano Antonio Frederico Galvão Queiroz. Ele veio de Manaus junto com Luiz Galvez.

“Ao chegaram na região do atual município de Porto Acre, Foram recebidos pelo mais influente seringalista da região, o seringalista Felismino Alves dos Santos, dono do produtivo seringal Pombal. Ao saber que sua esposa havia falecido em Aracati, seu Felismino voltou para o Ceará e trouxe junto com sua filha outros conterrâneos, como Neutel Maia, Frutuoso Leite e outros.Foi a filha dele e pelo que sei, foi ela que costurou a nossa bandeira que está no Palácio. Ela se chama Maria de Nazareth dos Santos Porto”, relata Wilson.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas